Boeing e Atlas Air anunciam o pedido de 12 cargueiros 747-8F

192

A Boeing e a Atlas Air Worldwide Holdings anunciaram hoje que a aérea fez um pedido de 12 cargueiros 747-8, fazendo da Atlas o cliente americano de lançamento do avião.

A preços correntes, o pedido é avaliado em US$ 3,4 bilhões. A Atlas começará a receber os aviões em 2010 e espera colocar todas as aeronaves em operação até o final de 2011.

“Com esse pedido, a Atlas permanece na liderança das empresas aéreas que oferecem capacidade e flexibilidade operacional para os clientes, utilizando uma plataforma de cargueiros de primeira linha”, disse William J. Flynn, presidente e CEO da Atlas Air Worldwide Holdings.

“O Mercado de carga aérea mundial deve crescer 6% anualmente, durante as próximas duas décadas, triplicando os níveis atuais para nossos clientes de ACMI, serviços de charter e programados”, adicionou Flynn. “Com o aumento da capacidade, um maior alcance com payloads equivalentes e custo operacional menor, o 747-8F é o avião top de linha que poderá suprir essa crescente demanda por carga aérea. Estamos muito felizes com o entusiasmo de nossos clientes por esse cargueiro de nova geração e esperamos ansiosos para colocá-los em operação”.

A Atlas opera a maior frota de cargueiros Boeing 747, com 20 aviões 747-400 e 15, 747-200 em serviço por operadoras em todo o mundo. O 747-8F, que é pilotado da mesma forma que o 747-400F e tem mais de 70% das peças em comum, irá assegurar à Atlas uma transição de baixo custo para introduzir o novo avião na frota.

“Estamos contentes por termos sido escolhidos por esse grande cliente para a renovação de sua frota”, disse Scott Carson, presidente e CEO da Divisão de Aviões Comerciais da Boeing. ”A Atlas foi fundamental para que a família de cargueiros 747 tenha se tornado um padrão para a indústria e com o novo 747-8, a Atlas continuará seu legado de agregar valor e prover um serviço de qualidade a seus clientes”.

A Atlas oferece serviços para o mercado de carga em aeronaves, equipes, manutenção e seguro (ACMI) de leasing, serviços globais programados, serviços de charter comercial e serviços de charter para as forças armadas americanas.

O cargueiro 747-8 está acima do melhor 747-400F, com uma capacidade de payload 16% maior, devido a uma fuselagem mais larga que permite o transporte de sete pallets adicionais enquanto mantém a forma de carregamento preferida pelos clientes.

Além disso, os dois modelos 747-8 cargueiro e 747-8 Intercontinental (para passageiros) oferecem melhor consumo de combustível, por meio de um desenho especial das asas e novos motores – o novo motor GEnx da General Electric, que tem maior eficiência no gasto de combustível, maior durabilidade, redução de peso e um custo operacional menor em comparação com outros motores atuais.

Incluindo esse pedido, três clientes já pediram 30 cargueiros 747-8 desde seu lançamento em novembro de 2005.

FONTE: Aviação Brasil – Assessoria de Imprensa – São Paulo/SP