Boeing e Continental fecham pedido de jatos 787 Dreamliner e 737 Next-Generation

105

A Boeing e a Continental Airlines anunciaram ontem um pedido de 10 jatos 787-8 Dreamliner e de um mix não revelado de 24 aviões 737 Next-Generation, como parte dos planos de crescimento da Continental.

O pedido eleva para 20 o número de jatos 787 encomendados pela companhia aérea, a maior encomenda de uma linha aérea norte americana. O valor dos 10 novos 787 e dos 24 jatos 737 é de aproximadamente US$ 3 bilhões, de acordo com a tabela oficial de preços.

O primeiro dos 787s da Continental será entregue em 2009. Os 737s Next-Generation incluídos no novo pedido deverão ser entregues a partir de 2008.

“O 787, juntamente com o popular 777, oferecerão à Continental eficiência de combustível, longo alcance e flexibilidade de frota para atuar em um mercado que muda constantemente”, declarou o Vice Presidente da Boeing e diretor geral do programa 787, Mike Bair.

Com a encomenda, a Boeing soma hoje 403 pedidos e compromissos de 29 operadoras do mundo inteiro para o 787 Dreamliner. A Continental foi a primeira grande companhia americana a se comprometer com o tecnologicamente avançado 787, que entrará em serviço em 2008.

Com o 787 Dreamliner, a Boeing dá continuidade à sua liderança e inovação, com um avião quase que totalmente feito de materiais compostos e que consome 20% menos combustível, além de oferecer às linhas aéreas 60% mais espaço para carga e uma melhor experiência de vôo aos passageiros. O 787 estabelece o padrão de conforto para os passageiros, permitindo mais umidade e menor altitude na cabine, assentos e corredores mais amplos, janelas maiores, iluminação inovadora LCD e mais espaço para bagagens de mão.

FONTE: Aviação Brasil – Assessoria de Imprensa – São Paulo/SP