Boeing e GE Serviços de Aviação Comercial anunciam a compra de seis novos aviões 777 Cargueiros

362

A Boeing e a GE Serviços de Aviação Comercial (GECAS – GE Commercial Airplanes Services) anunciaram hoje a encomenda de seis Boeing 777s avaliados em US$ 1,42 bilhão, a preços de tabela.

O anúncio de hoje eleva para 39 o número de encomendas de 777s que a GECAS realizou diretamente à Boeing, incluindo 14 unidades do 777 Cargueiro. Até hoje, a GECAS já recebeu 15 aviões 777. O acordo também confere à GECAS o direito de substituir a versão cargueiro do 777 pelo modelo passageiros, caso isto se faça necessário no futuro.

“Nós estamos muito felizes por ter efetivado este pedido de seis novos aviões 777s”, disse Henry Hubschman, presidente e CEO da GECAS. “O 777 provou ter forte desempenho no transporte de passageiros e nós acreditamos que isto o qualifica para o segmento de carga aérea também”, conclui Hubschman.

“A Boeing e nossos clientes operadores de leasing têm visto com que confiança e segurança o mercado tem procurado o Boeing 777, que tem quase 300 encomendas desde o início de 2005”, disse John Feren, vice-presidente de Vendas, Leasing e Gerenciamento de Recursos da Boeing Commercial Airplanes. “Dentre os vários clientes mundiais da Boeing, a GECAS tem sido um cliente preferencial do 777-300ER e fundamental no desenvolvimento do Cargueiro”, explica Feren.

A GECAS tem sido muito bem sucedida no manejo de aviões Boeing, oferecendo modelos como 737, 747, 757, 767 e 777 aos operadores de todos os continentes, incluindo as mais prestigiadas linhas aéreas do mundo. Desde que estabeleceu sua primeira operação de leasing de aviões Boeing, em 1995, a companhia acumulou as encomendas de 378 aviões da fabricante americana.

O 777 Cargueiro oferece mais capacidade do que qualquer outro bimotor e o mais baixo custo por viagem do que qualquer outro concorrente. O 777 Cargueiro tem capacidade de carga de até 104 toneladas cúbicas e autonomia de 9.045 quilômetros. Com a capacidade de carga e densidade maiores do mercado, ele é o maior cargueiro bimotor do mercado e com o maior alcance.

O primeiro 777 Cargueiro será entregue no ultimo quadrimestre de 2008. Até hoje, 78 unidades do 777 Cargueiro, avaliadas em US$18,5 bilhões a preços de tabela, foram vendidas a dez clientes em todo o mundo.

O 777 Cargueiro, sexto e mais novo modelo da família do 777, é baseado no 777-200LR Worldliner. Ele compartilhará as mais modernas tecnologias: deque de vôo artístico, linhas arrojadas e avançado design de asas que incluem extremidades perpendiculares. O avião será complementado com o motor da General Eletric GE90-110B1L, versão derivada do mais potente motor disponível para jatos comerciais, o GE90-115B.

FONTE: Aviação Brasil – Assessoria de Imprensa – São Paulo/SP

Publicidade