Boeing e Grupo Nakash América assinam acordo de dois 787 Dreamliners

165

A Boeing e o Grupo Nakash América anunciam hoje um pedido de dois aviões Boeing 787-9 Dreamliner. O Grupo Nakash América é um conglomerado multinacional, bilionário, dono da linha aérea Arkia Israel. A Arkia, com sede em Tel Aviv, irá operar os aviões 787, sendo a primeira aérea em Israel a oferecer os serviços do 787 a seus passageiros.

O pedido está avaliado em US$ 366 milhões a preços de tabela e as entregas devem iniciar em 2012. O Grupo Nakash também assegurou opções para dois 787-9.

“O 787 é uma máquina impressionante”, disse Joe Nakash, chairman do Grupo Nakash América. “Estamos felizes por sermos os primeiros em Israel a voarmos nossos passageiros no conforto superior do Dreamliner”.

“Assim como o 787, o nosso negócio é global. O Dreamliner nos dará acesso a mercados emergentes e facilitará nossos negócios internacionais com a crescente demanda por viagens aéreas pelo mundo”, disse Nakash.

Desde o seu lançamento, em abril de 2004, o 787 se tornou o avião comercial com mais rápidas vendas. Há 37 clientes em todo o mundo que fizeram mais de 450 pedidos, preferindo sua eficiência superior, economia, amplitude e conforto para os passageiros.

“Hoje é um grande dia para a Boeing e para Israel”, disse Marlin Dailey, vice-presidente de Vendas para Europa, Rússia e Ásia Central da Boeing Commercial Airplanes. “Nós estamos felizes em receber o Grupo Nakash na família 787 e estamos ansiosos para ver o 787 voando com as cores da Arkia. Em alguns anos, os passageiros israelenses terão uma experiência de vôo sem precedentes”.

A Arkia irá operar os aviões 787 para destinos na América do Norte e para o Oriente.

A linha aérea está avaliando as duas opções de motor para o 787 – o GEnx da General Electric e o Trent 1000 da Rolls-Royce.

Hoje a frota da Arkia inclui um Boeing 757-200 e dois 757-300, mais quatro ATR 72-500 e cinco Bombardier Dash 7.

FONTE: Aviação Brasil – Assessoria de Imprensa – São Paulo/SP

Publicidade