Boeing oferece opção de freio que melhora a eficiência do avião 737 Next-Generation

200

A Boeing anunciou hoje uma nova opção de freio de carbono que reduzirá o peso estrutural e baixará os custos operacionais para as operadoras de jatos 737 Next-Generation do mundo todo.

A opção será oferecida sem nenhum custo adicional e economizará até 700 libras no peso do avião, aumentando o tempo de desgaste para o dobro do número de pousos. A redução no peso e a maior durabilidade diminuirão os custos gerais de operação e manutenção.

“Os freios de carbono oferecem o mesmo desempenho dos freios de aço, com o benefício extra da significativa redução de peso, que aumenta a eficiência na queima de combustível”, declarou Mike Delaney, Engenheiro Chefe de Projetos do 737. Os 737 Next-Generation já são mais leves que o modelos concorrentes da Airbus. A eficiência estrutural é o principal motivo de os 737s voarem mais rapidamente, mais longe e com mais economia de combustível que a concorrência”.

“Esta nova opção demonstra o nosso comprometimento em oferecer tecnologias que agregam valor para os nossos clientes e que continuam a fazer do 737 o avião com mais capacidade no mercado de jatos grandes de um corredor (single-aisle)”, completou Delaney.

Os freios de carbono, que serão fornecidos pela Goodrich e pela Messier-Bugatti, estarão disponíveis a partir do início de 2008, após um programa de dois meses de testes de vôo. A opção também estará disponível para retrofit em todos os 737 Next-Generation.

FONTE: Aviação Brasil – Assessoria de Imprensa – São Paulo/SP

Publicidade