Boeing prevê até 200 encomendas do 7E7 este ano

151

A Boeing estima que terá neste ano até 200 encomendas para o novo jato 7E7 Dreamliner, com um total de vendas potenciais de 3.500 aviões. Primeiro jato novo da Boeing lançado em uma década, o 7E7 deve entrar em operação em 2008.

“Nós estamos otimistas com as oportunidades para este ano, especialmente para o 7E7”, disse Randy Tinseth, diretor de Marketing para aviões comerciais da Boeing, em entrevista à Reuters durante visita à Israel.

Tinseth afirmou que a Boeing está em negociações com 20 companhias aéreas para possíveis encomendas de 500 7E7s nos próximos anos.

“Nós também vemos um mercado para até 3.500 jatos. É um grande mercado e é um avião que supre as necessidades de passageiros e clientes”, disse ele.

A Boeing espera que o 7E7, criado para reduzir custos operacionais e de combustível, ajude a empresa a recuperar o mercado perdido para a rival européia Airbus, que a superou na entrega de aviões comerciais no ano passado.

A Boeing anunciou a primeira encomenda de 7E7 em abril, um contrato de 50 aviões para a japonesa All Nippon Airways avaliado em US$ 6 bilhões.

Na semana passada, a Air New Zealand fez uma encomenda de dois 7E7s. O custo para a companhia, incluindo suporte com infra-estrutura, totaliza mais de US$ 217,5 milhões.

Os jatos 7E7 serão oferecidos em três versões, variando de curta a longa distância, e está na classe de aviões de 200 a 300 assentos para passageiros.

FONTE: Reuters Investor – Reuters Investor – São Paulo/SP