Boeing terminou 2008 com 662 pedidos de aviões comerciais

166

O 737 Next-Generation permaneceu como o mais vendido da companhia, escolhido no ano passado por 484 clientes de quase todas as partes do mundo. A demanda para o novo 787 Dreamliner também permaneceu forte, com 93 pedidos, principalmente de clientes do Oriente Médio.

“Embora tenhamos enfrentado claramente obstáculos em 2008, também foi a época para um ano de realização para a unidade de Aviões Comerciais”, disse Scott Carson, presidente e CEO da Boeing Commercial Airplanes, que informou que as encomendas de 2008 representaram o 8º melhor resultado de vendas para a companhia. “Nós somos lideres em aviões comerciais e isso nos traz mais responsabilidades para entregar o melhor valor aos nossos clientes, acionistas e comunidade”, explica Carson.

“Com uma base de clientes equilibrada e distribuída por todas as regiões do mundo, com linhas aéreas dos mais diversos modelos de negócios, e com um forte número de pedidos em nossa linha de produtos, estamos agora focados executar esse trabalho”, acrescenta Carson.

O 777, com corredor duplo, obteve 54 pedidos de clientes da Europa, Oriente Médio, América do Norte e Ásia. O 767-300ER (Extended Range) registrou 28 pedidos e o 747-8 Intercontinental acrescentou mais três pedidos nesta lista.

Durante 2008, 375 aeronaves foram entregues a clientes no mundo todo: 290 unidades do 737 (que incluem seis BBJs – jatos executivos), 14 jatos 747, dez unidades do 767 e 61 da família 777. As entregas foram afetadas pela greve que se estendeu por diversas semanas na linha de montagem comercial.

A Boeing também estreou o primeiro 777 Cargueiro e começou o teste de vôo deste programa, enquanto o primeiro P-8A Poseidon – um derivado do 737 Next-Generation para uso da Marinha dos Estados Unidos – completou sua montagem final. Em junho, o primeiro Boeing 767 convertido em cargueiro foi entregue – uma das 26 conversões realizadas ao longo do ano. E os mais importantes testes de sistemas e estruturas do 787 Dreamliner foram realizados com sucesso.

A divisão de Aviões Comerciais atingiu diversos e importantes marcos em 2008, incluindo a 700º entrega do modelo 777 e o pedido de número 5.000 do 737 Next-Generation. O aniversário de 40 anos da apresentação do 747 também foi celebrado, assim como a entrega do 747 número 1.400. Além disso, a maior montagem do 747-8 teve início. A divisão de jatos particulares da Boeing, a Boeing Business Jets, também entregou o primeiro BBJ 3, uma versão nova e maior baseada no 737-900ER Next-Generation.

Outros pontos altos de 2008 da Boeing Commercial Airplanes incluem:

· Reafirmação da liderança ambiental da Boeing, colaborando com os clientes globais da linha aérea, em vôos de demonstração que utilizaram biocombustíveis sustentáveis e conceitos avançados de gerência de tráfego aéreo.

· Sete unidades da divisão de Aviões Comerciais da Boeing ganharam certificação ambiental ISO 14001, são eles: Renton, Auburn e Frederickson, todos em Washington; Salt Lake City, Utah e Winnipeg, no Canadá; e Bankstown e Fishermen’s Bend, na Austrália.

· Melhorias no serviços, com tempo de resposta de 97,2%, dos 96% de 2007 – para mais de 10.000 pedidos urgentes de clientes, em nosso Centro de Operações.

· Parceria com o governo e a indústria na busca por uma solução capaz de reduzir, nos próximos dez anos, o índice de acidentes envolvendo jatos comerciais nos Estados Unidos em até 80%.

FONTE: Aviação Brasil – Assessoria de Imprensa – São Paulo/SP

Publicidade