Centro de simuladores de vôo da Lufthansa em Berlim vai ganhar 3 novos simuladores de última geração

132

No próximo semestre, o centro de simuladores de vôo da Lufthansa, em Berlim, que atualmente opera dez simuladores de jatos dos fabricantes Airbus, Boeing, Avro e Canadair, ganhará um novo saguão para acomodar mais três simuladores de última geração.

Cerca de 50.000 pilotos – homens e mulheres- de 106 empresas aéreas de 44 países fazem o treinamento em Berlim todos os anos. Os simuladores custam 15 milhões de euros cada um e funcionam 365 dias por ano e 24 horas por dia. Vários pilotos do mundo inteiro estão agendados para uma das unidades de treinamento da Lufthansa Flight Training em Berlim até três vezes por ano.

Essa intensa utilização por terceiros é altamente rentável não só para a própria Lufthansa, como para a própria cidade de Berlim. O centro de treinamento gera cerca de 100 mil pernoites anuais dos pilotos nos hotéis da cidade, mais movimento nos restaurantes e comércio local, incluindo taxistas, locadoras de carros etc.

Além de Berlim, a Lufthansa possui centros de treinamento em Frankfurt e Bremen, também na Alemanha. Os pilotos Lufthansa fazem quatro das assim chamadas sessões de simulador por ano, com duração de quatro horas cada, o que corresponde ao dobro do exigido por lei. A simulação é tão perfeita que a impressão de estar realmente voando se instala em poucos instantes. Todas as situações de treinamento são fielmente retratadas por diversos sistemas de movimento e de visibilidade. Do famoso Matterhorn na Suíça ao Grand Canyon nos EUA, todos os lugares do mundo são retratados detalhadamente pelo sistema.

FONTE: Aviação Brasil / Lufthansa – Assessoria de Imprensa – São Paulo/SP