China Eastern Airlines Wuhan compra cinco jatos ERJ 145

142

O novo conselho de administração da China Eastern Airlines Wuhan Ltd aprovou a compra de cinco jatos ERJ 145 LR, de 50 assentos, da Harbin Embraer, cumprindo a última formalidade para que o contrato de venda viesse a ter efeito.

As entregas desses aviões ocorrerão entre novembro de 2006 e junho de 2007. O negócio acrescentará cinco aviões ERJ 145 a cinco outros aviões do mesmo modelo adquiridos pela China Eastern Airlines Jiangsu Ltd, e eleva a dez o total de jatos ERJ 145 na frota regional da China Eastern.

A Harbin Embraer é uma joint venture estabelecida entre a Embraer e a China Aviation Industry Corporation II (AVIC II) em 2002. Com 180 empregados, a fábrica tem capacidade para produzir até 24 aviões de 50 assentos por ano.

A Harbin Embraer até o momento entregou seis ERJ 145 para a China Southern Airlines e três para a China Eastern Airlines Jiangsu. Em 2006, duas outras entregas para a China Eastern Airlines Jiangsu estão programadas.

A Embraer prevê demanda de 590 jatos de 30 a 120 assentos nos próximos 20 anos na China, representando 7% das entregas mundiais neste segmento.

Atualmente, há 18 jatos Embraer operando na China, incluindo 14 aviões ERJ 145, três EMBRAER 170 e um avião executivo Legacy 600. Para apoiar a crescente base de clientes da Embraer no país, um mercado emergente com grande potencial de expansão, a Embraer montou um centro de peças de reposição em Beijing e tem um simulador completo de vôo para aviões da família ERJ 145 na cidade de Zhuhai, sob a administração da China Southern Airlines.

FONTE: Aviação Brasil – Assessoria de Imprensa – São Paulo/SP

Publicidade