China Eastern encomenda jato ERJ 145 da Harbin Embraer

209

A Harbin Embraer anunciou hoje a venda de cinco aviões ERJ 145 para a China Eastern Airlines Jiangsu Ltd.. O contrato marca o segundo pedido da companhia chinesa feito junto à Harbin Embraer Aircraft Industry Co. Ltd. (HEAI).

“Estamos muito satisfeitos por dar as boas vindas ao ERJ 145 em nossa frota. Esta é uma aeronave muito atraente que se encaixará perfeitamente em nossa estrutura de rota”, disse Su Guoxin, Presidente e CEO da China Eastern Airlines Jiangsu Ltd.

As entregas estão programadas para começar no segundo semestre de 2005 e continuar em 2006. Este contrato aumentará a frota de aviões ERJ 145 na China para 16 aeronaves, contando-se os cinco jatos operados pela Sichuan Airlines e os seis da China Southern Airlines.

“A Embraer está muito orgulhosa pela China Eastern Airlines Jiangsu Ltd. ter escolhido o ERJ 145. Isto, sem dúvida, reforça o nosso comprometimento de longo-prazo com o mercado chinês. Estamos altamente confiantes de que o mercado de aviação regional na China terá crescimento nos próximos anos. Nós acreditamos que aeronaves de tamanho adequado e os altos níveis de conforto proporcionados pelo ERJ 145 serão satisfatórios para as companhias aéreas e os passageiros”, disse Frederico Fleury Curado, Vice- Presidente Executivo para o Mercado de Aviação Civil da Embraer.

“Este é um encorajador passo adiante da ‘joint venture’ sino-brasileira. Isso irá acrescentar aos esforços de ambos os parceiros para expandir e fortalecer os laços comerciais com os clientes nesta economia dinâmica”, disse Xu Zhanbin, Vice- Presidente da AVIC II, parceira da Embraer na HEAI.

Os ERJ 145 produzidos em Harbin sob licença da Embraer têm as mesmas características da bem-sucedida família de jatos regionais fabricados pela Embraer no Brasil: um projeto moderno que se destacou no mercado mundial por sua eficiência operacional, baixos custos de aquisição e operação e pelo elevado nível de segurança e conforto interno. Mais de 900 aeronaves desta família foram entregues no mundo todo.

FONTE: Aviação Brasil / Embraer – Assessoria de Imprensa – São José dos Campos/SP