China Southern aprova compra de seis aviões ERJ 145 da Embraer

175

A China Southern Airlines, maior companhia aérea chinesa, aprovou a compra de seis aviões da Harbin Embraer, a parceria da empresa brasileira Embraer com a AviChina Industry & Technology. Esta é a primeira encomenda feita por uma empresa chinesa à joint venture.

O preço de tabela do ERJ 145, é de cerca de US$ 20,1 milhões, informou a empresa chinesa. Os aviões serão entregues entre junho de 2004 e janeiro de 2005.

“Este pedido inicial premia o esforço da Embraer e de seus parceiros chineses para estreitar e fortalecer os laços comerciais com clientes baseados numa economia em rápida expansão”, disse o diretor-presidente da Embraer, Maurício Botelho, em comunicado divulgado nesta segunda-feira.

Em estudo recente sobre as perspectivas do mercado chinês, a Embraer estimou a demanda para 635 jatos regionais de 30 a 120 assentos entre 2004 e 2023.

A AviChina Industry & Technology é a maior fabricante chinesa de helicópteros e minicarros e tem 38,2% da parceria com a Embraer.

A China Southern também anunciou que o conselho aprovou, em princípio, a compra de 21 aviões da Airbus SAS. A companhia ainda tem que assinar um acordo com a Airbus e acertar alguns detalhes para fechar o negócio. A China Southern disse que pretende comprar 15 aviões A320 e seis aviões A319 da Airbus.

FONTE: Reuters Investor – Fernando Valduga – Porto Alegre/RS