Comissão de Finanças vai discutir tarifas praticadas pela TAM

132

A Comissão de Finanças e Tributação realiza audiência pública amanhã para debater as diferenças das tarifas nos vôos da empresa TAM Linhas Aéreas S/A, principalmente no trecho Teresina-Brasília. A realização do evento foi solicitada pelo deputado Mussa Demes (PFL-PI).

Foram convidados para o debate:

– a diretora do Departamento de Proteção e Defesa Econômica do Ministério da Justiça, Barbara Rosenberg;

– o presidente da TAM, Marco Antônio Bologna;

– os representantes do Conselho Administrativo de Defesa da Concorrência (Cade) Celso Barbosa de Almeida e Rubens Nunes.

Segundo Mussa Demes, a TAM é a única empresa que opera no trecho Teresina-Brasília desde a saída da Vasp do mercado, e algumas tarifas da companhia seriam descabidas. O deputado cita o caso do vôo Teresina-São Paulo com conexão em Brasília, no qual o passageiro que compra passagem para Brasília paga até 60% a mais do que aquele que adquire o bilhete para São Paulo. “Outra questão é a diferença da ‘tarifa normal’ para a ‘tarifa cheia’, que, dependendo do dia e do momento, pode ser até 150% mais cara”, acrescentou.

FONTE: Agência Câmara – Redação – Brasília/DF