Congonhas pode perder metade dos vôos em São Paulo

191

O aeroporto de Congonhas, em São Paulo, pode ter seu número de vôos reduzido a partir de maio. A idéia é da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), que está preocupada com o excesso de pousos e decolagens no aeroporto, localizado em região densamente urbanizada na capital paulista.

Na semana passada, um avião da BRA derrapou na pista e por pouco não caiu sobre a avenida Washington Luís, uma das principais de São Paulo.

A intenção é diminuir de 600 para 300 o número de operações diárias em Congonhas, mantendo no local apenas os vôos de ida e volta entre duas cidades, com tempo limitado a uma hora e meia. Desta forma, seriam retirados de Congonhas os vôos de escala e conexão.

A proposta da Anac tenta transformar Congonhas em um aeroporto metropolitano, destinado a um público executivo. A chamada ponte-aérea entre São Paulo e Rio de Janeiro, por exemplo, deve permanecer em Congonhas. Vôos para Brasília, Curitiba e Belo Horizonte também podem seguir no aeroporto.

FONTE: Invertia – Redação – São Paulo/SP

Publicidade