Continental Airlines, United Airlines e outr oito empresas pedem imunidade a legislação antitruste

143

A Continental Airlines, a United Airlines e mais oito empresas aéreas membros da Star Alliance apresentaram ao Departamento de Transportes dos Estados Unidos (DOT) uma solicitação para que a Continental possa ser incluída no grupo de nove empresas aéreas que recebeu imunidades com relação à legislação antitruste. A aprovação deste pedido pelo DOT permitirá que a Continental, a United e as outras empresas da Star Alliance pertencentes ao grupo cooperem estreitamente para oferecer horários de vôos, tarifas e serviços altamente competitivos aos interessados.

Além disso, Continental, United, Lufthansa e Air Canada solicitaram ao DOT aprovação para criar uma nova joint venture destinada a operar no Atlântico Norte, criando uma rede mais eficiente e completa para os clientes das quatro empresas. A nova joint venture oferecerá a esses clientes mais opções de serviços, horários e preços e criará a estrutura para joint ventures semelhantes em outras regiões do mundo.

O DOT aprovou mais de 20 solicitações de imunidade com relação à legislação antitruste anteriormente, incluindo, recentemente, a relativa às atividades de uma aliança de seis empresas em mercados transatlânticos, abrangendo os membros da SkyTeam Air France, Alitalia, CSA Czech Airlines, Delta, KLM Royal Dutch Airlines e Northwest Airlines. A decisão do DOT permite à Delta/Air France e à Northwest/KLM a consolidação de suas atividades na aliança.

No dia 19 de junho, a Continental anunciou que pretende unir-se à United na Star Alliance. No mercado interno dos Estados Unidos, no qual a imunidade para a legislação antitruste não se aplicaria, as duas empresas planejam estabelecer amplas operações em code share, o que vai facilitar a criação de itinerários com o uso dos serviços das duas empresas, além de coordenar seus programas de passageiros freqüentes, reconhecimento de clientes de categoria elite e reciprocidade com relação ao uso de salões nos aeroportos.

Essas atividades de cooperação devem ser informadas ao DOT, o que as duas empresas farão no momento adequado, e dependem da retirada da Continental de certos relacionamentos com seus atuais parceiros. Levando isso em consideração, a Continental espera unir-se à Star Alliance e dar início ao code share amplo e a outros tipos de cooperação com a United no quarto trimestre de 2009. Como há poucas sobreposições de serviços nas redes da United e da Continental, os clientes das duas empresas terão acesso a uma rede mais ampla, resultado da parceria entre as duas empresas.

Depois de recebidas as aprovações e postos em prática os novos acordos, os clientes se beneficiarão com um processo coordenado para reservas e emissões, check-ins, conexões entre vôos e transferências de bagagens. A reciprocidade dos programas de passageiros freqüentes permitirá aos membros do programa OnePass da Continental e do programa Mileage Plus da United somar milhas a suas contas quando viajarem na empresa parceira e a usarem as milhas obtidas igualmente nas duas empresas. Viagens nas duas empresas contarão para a obtenção do reconhecimento de categorias elite para o passageiro. De forma semelhante, clientes das duas empresas com as qualificações necessárias terão acesso comum às redes de salas Presidents Club da Continental e Red Carpet Club da United nos aeroportos.

A Continental pretende realizar a transição da SkyTeam para a Star Alliance levando em consideração os interesses de seus clientes, permitindo que seus clientes usem milhas do programa OnePass em empresas membros da SkyTeam. Clientes da SkyTeam poderão, ao mesmo tempo, usar seus planos de milhagem em vôos da Continental por um período de tempo razoável.

FONTE: Aviação Brasil – Assessoria de Imprensa – São Paulo/SP