Continental, KLM e Northwest se juntam às opções de bilhetes Skyteam

114

Boa nova para aventureiros em viagens de volta ao mundo ou pela Europa: os passageiros viajando com os bilhetes “SkyTeam Volta ao Mundo” e “SkyTeam Europe Pass” passam a ter mais opções de horários e destinos desde que as companhias aéreas Continental, KLM e Northwest se juntaram à aliança global SkyTeam, que conta ainda com Aeromexico, Air France, Alitalia, CSA Czech Airlines, Delta e Korean. Todos os trechos contam pontos nos programas de milhagem das companhias associadas.

Agora, os cerca de 341 milhões de passageiros anuais da SkyTeam podem escolher entre 14 mil vôos diários das nove companhias associadas à aliança global. O acesso passa a ser maior para destinos nos Estados Unidos, Canadá, América Latina, Caribe, África e Europa, inclusive extensões de trechos no SkyTeam Europe Pass a preços muito competitivos a destinos como Belfast (Irlanda do Norte) e Berna (Suíça).

Dominique Patry, presidente do conselho da SkyTeam e vice-presidente da Air France para alianças e assuntos internacionais, comentou: “Ao nos aproximarmos da alta estação do verão europeu, opções e flexibilidade são prioridades para viajantes em turismo. SkyTeam, com seu foco no cliente, entende essas necessidades e está muito satisfeita em poder oferecer opções adicionais agora que a aliança foi expandida com a entrada da Continental, KLM e Northwest”. O Conselho da SkyTeam é formado por executivos das companhias aéreas associadas, que, como parceiros, planejam e implementam as principais estratégias desenhadas pelo Comitê Executivo.

Introduzido em 2002, o SkyTeam Europe Pass permite aos clientes residentes fora da Europa que compram um bilhete transatlântico ou intercontinental de uma empresa da aliança para o continente europeu a também comprarem três ou mais trechos internos com tarifas reduzidas. Estes trechos estão disponíveis em vôos operados pela Air France, Alitalia, CSA Czech Airlines e KLM para 44 países. Os preços (mais taxas locais) são calculados com base na distância voada na Europa para cada bilhete em vôos diretos operados pelas quatro companhias.

Ø SkyTeam Europe Pass: Preço médio por trecho ou conjunto de destinos (não inclui taxas):

Até 150 milhas = 60 USD

Até 500 milhas = 90 USD

Até 1000 milhas = 120 USD

Até 1500 milhas = 170 USD

Até 2000 milhas = 190 USD

Acima de 2000 milhas = 205 USD

Para itinerários que englobam os oceanos Atlântico e Pacífico, a SkyTeam oferece aos seus passageiros mais opções e flexibilidade com os bilhetes SkyTeam Volta ao Mundo. São permitidas entre três e 15 paradas, em viagens com duração entre 10 dias e um ano, com a possibilidade de voltar no sentido contrário da viagem dentro do mesmo continente. Os preços (mais taxas locais) são calculados pelo número de milhas viajadas. Todos os itinerários devem começar e terminar no mesmo país e exigem a compra de um vôo transatlântico e de um vôo transpacífico.

O conselho da SkyTeam antecipa ainda que novas opções ao SkyTeam America Pass serão anunciadas até o final deste ano, uma vez que a Continental, KLM e Northwest adicionaram suas redes às centenas de destinos atualmente servidos no Canadá, Caribe, México e Estados Unidos. Segundo Gary Fishman, vice-presidente do conselho da aliança e executivo de alianças da Northwest, “as melhorias nos bilhetes SkyTeam Volta ao Mundo e SkyTeam Europe Pass beneficiam nossos passageiros, mas também demonstram nosso progresso contínuo em direção à integração”.

FONTE: Aviação Brasil / Skyteam – Assessoria de Imprensa – São Paulo/SP