Controladora da United Airlines reduz perdas no último trimestre

257

A controladora da United Airlines, a UAL Corp., que opera em concordata, anunciou nesta terça-feira que conseguiu reduzir seu prejuízo no último trimestre de 2003, fruto do processo de redução de custos iniciado no ano passado.

As perdas da UAL somaram US$ 476 milhões, incluindo itens extraordinários relacionados à concordata. No quarto trimestre de 2002, quando a empresa entrou com pedido de proteção, o prejuízo chegou a US$ 1,5 bilhão.

A segunda maior companhia aérea do mundo informou ainda que seu prejuízo operacional no período foi de US$ 135 milhões, contra US$ 994 milhões.

“Progredimos significativamente na reestruturação desta companhia e vamos continuar a tomar as duras decisões que vão ajudar a sair da concordata no primeiro semestre deste ano”, disse o presidente-executiuvo, Glenn Tilton, em comunicado.

Outras grandes concorrentes da UAL também continuam apresentando perdas financeiras, ainda em decorrência dos ataques ocorridos nos Estados Unidos em 11 de setembro de 2001. A controladora da American Airlines, a AMR Corp., informou na semana passada que no trimestre passado seu prejuízo foi de US$ 111 milhões.

FONTE: Reuters Investor – Fernando Valduga – Porto Alegre/RS