EADS e Northrop Grumman assinam acordo na área de mísseis

189

A EADS – European Aeronautic Defence ans Space Company – e a Northtop Grumman
Corporation anunciaram hoje a assinatura de um memorando de entendimentos visando a
colaboração no desenvolvimento de soluções na área de mísseis de defesa balísticos.

O documento estabelece uma estrutura industrial para capacitar e estruturar discussões formais entre as duas companhias a fim de identificar e captar oportunidades comerciais nos mercados emergentes de mísseis balísticos de defesa. “O
memorando é um importante passo inicial para a construção de um relacionamento que irá ser a base dos acordos comerciais no futuro mercado de mísseis de defesa. Esperamos que esse relacionamento vá além de um simples projeto, incluindo diversas iniciativas nas áreas de sensores, armas, comando e controle, gerenciamento de batalha e suporte de infra-estrutura”, afirma o principal executivo na área de
mísseis para defesa da Northrop Grumman, Donald Winter.

O vice-presidente executivo de Coordenação Estratégica da EADS (e também integrante
do Comitê Executivo do grupo), Jean-Louis Gergorin, anunciou que a parceria irá ter
início imediatamente, por meio de um comitê executivo composto por representantes
das duas companhias. “A globalização das ameaças balísticas mudou o ambiente de
segurança – o que torna necessária a colaboração industrial nesse campo, a fim de se projetar sistemas eficazes. A EADS está contribuindo com sua comprovada expertise”, disse.

“Esta parceria mostra o compromisso da EADS com o conceito de cooperação, seja entre
diferentes empresas ou entre países distintos. E não poderia ser diferente, uma vez que o grupo tem sua origem em companhias da França, da Alemanha e da Espanha”, afirma o diretor geral da EADS no Brasil, Eduardo Marson. O executivo lembra que o grupo também mantém a estratégia de desenvolver parcerias e transferir tecnologia
com diversas empresas no País.

A assinatura do memorando de entendimentos entre a EADS e a Northrop Grumman vem
coroar uma série de colaborações entre as duas empresas nas áreas de defesa e atividades relacionadas a homeland security. Exemplos disso são o programa Eurohawk, que prevê o fornecimento de aeronaves não-tripuladas à Força Aérea Alemã, e a liderança no consórcio que está oferecendo à Organização do Tratado do Atlântico
Norte (Otan) a solução Transatlantic Industrial Proposed Solution (Tips) – por meio
da qual se dotará a aliança atlântica de um sistema de monitoramento em terra.

Atualmente a EADS é a principal empresa européia na área de mísseis balisticos de defesa. Sua expertise destaca-se nas áreas de guerra e ameaças balísticas; engenharia e integração de sistemas; gerenciamento de comando e controle em batalha; interceptadores; radares e sensores infravermelhos; e sistemas de satélites.

No Brasil, a EADS mantém investimentos há 26 anos, tendo iniciado sua presença por meio da Helibras; é acionista da Embraer e desenvolve parcerias de longo prazo com diversos clientes, como a TAM, as Forças Armadas, a Polícia Federal e as forças policiais estaduais.

FONTE: Aviação Brasil / EADS – Assessoria de Imprensa – São Paulo/SP

Publicidade