EADS esclarece notícias publicadas na mídia sobre a governança corporativa do grupo

304

Em acordo com seus acionistas DaimlerChrysler e SOGEADE (holding entre a empresa Lagardère e a companhia estatal francesa SOGEPA), a EADS faz as seguintes observações sobre especulações divulgadas na mídia em relação a discussões sobre cargos e estrutura:

As discussões entre os acionistas ainda estão em andamento para a preparação do próximo encontro entre a chanceler federal alemã Angela Merkel e o presidente francês Nicolas Sarkozy, em Toulouse, no dia 16 de julho. Nenhuma decisão foi tomada ainda, nem sobre as estruturas de gerenciamento do Grupo EADS nem sobre as nominações para os cargos executivos.

A EADS é líder mundial nos segmentos aeroespacial, de defesa e serviços relacionados. Em 2006, a EADS faturou € 39.4 bilhões e empregou 116 mil pessoas. Fazem parte do Grupo EADS a fabricante de aeronaves AIRBUS; a EUROCOPTER, maior fornecedora mundial de helicópteros e a EADS Astrium, líder européia em programas espaciais, do Ariane ao Galileo. EADS é o principal parceiro no consórcio Eurofighter, está desenvolvendo a aeronave de transporte militar A400M e detém participação na joint venture MBDA, líder internacional em sistemas de mísseis.

No Brasil, a EADS mantém investimentos há 29 anos, tendo iniciado sua presença por meio da Helibras. Atua no país através da EADS Brasil e da EADS Secure Networks Brasil. É acionista da Equatorial Sistemas e desenvolve parcerias de longo prazo com clientes como a TAM, Forças Armadas, Polícia Federal, Agência Espacial Brasileira (AEB), Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) e as forças policiais estaduais

FONTE: Aviação Brasil – Assessoria de Imprensa – São Paulo/SP

Publicidade