EPA revela com a UPS caminhão de entregas hidráulico híbrido a diesel

126

A agência americana de proteção ambiental (EPA) revelou a primeira série de veículos urbanos de entregas híbridos hidráulicos a diesel, que trarão significantes melhorias na economia de combustível e na redução de emissões. O desenvolvimento do híbrido hidráulico é o resultado de uma parceria entre EPA, Exército Americano, UPS, Associação Internacional de Motores e Caminhões e a Corporação Eaton.

O EPA e a UPS planejam avaliar a performance econômica do combustível do veículo e emissões durante uma série de testes em 2006. Em uma prova de laboratório a tecnologia hidráulica híbrida a diesel patenteada pelo EPA atingiu uma melhoria de 60 a 70% em economia de combustível e mais de 40% de redução nas emissões de dióxido de carbono, comparado a veículo UPS convencional.

“O EPA e nossos parceiros não estão apenas entregando pacotes com veículos UPS – estamos entregando benefícios ambientais ao povo americano,” disse o Administrador do EPA, Stephen L. Johnson. “O Presidente Bush está trazendo as novidades tecnológicas dos laboratórios para as ruas. Estamos fazendo o que é bom para o nosso meio ambiente, para nossa economia e para a segurança energética de nossa nação”.

O EPA citou os testes de laboratório mostrando que a tecnologia tem o potencial de melhorar consideravelmente a economia de combustível dos veículos urbanos usados em aplicações como entrega de pacotes, tranfers, ônibus em trânsito e devoluções.

O EPA estimou que quando fabricados em grandes volumes, os custos adicionais dos componentes híbridos podem ser recuperados no mínimo em três anos, pela economia em combustível e em manutenção de freios.

Nas séries hidráulicas híbridas a diesel, um motor de alta eficiência é combinado com um sistema único de propulsão hidráulica, substituindo o convencional pelo meio de transmissão. O veículo usa bombas hidráulicas e tanques de armazenamento hidráulicos para economizar energia, similarmente ao que é feito com motores elétricos e baterias em veículos híbridos elétricos. A Economia de combustível é ampliada de três formas: a energia usada para frear, que normalmente é gasta, é recuperada; o motor opera com maior eficiência; e o motor pode ser desligado quando parado ou desacelerado.

O veículo híbrido hidráulico a diesel é potencialmente elegível para conseguir um crédito de impostos até 40% do custo adicionado veículo pelo Ato de Política Energética de 2005 para veículos médios e pesados.

UPS, a International e a Eaton vêm trabalhando por vários anos com o EPA e o Centro Nacional Automotivo do Exército Americano na tecnologia hidráulica.

”A tecnologia hidráulica híbrida é bem promissora e nós estamos ávidos para ver o desempenho do veículo em um cenário do mundo real,” disse John Beystehner, Diretor de Operações da UPS. “Nós lideramos nossa indústria nos testes de alternativas de combustível para veículos porque a conservação de combustível é crítica para o nosso negócio Acreditamos que o impacto dessa iniciativa irá muito além da nossa indústria,” disse Beystehner.

A UPS irá testar o hidráulico híbrido nos próximos meses. Será usado em uma rota na cidade de Detroit, realizando entregas diárias a residências e empresas. Anteriormente, a UPS já possuía uma parceria com o EPA em seus veículos de entregas por célula de combustível de hidrogênio, que tem sido parte da frota da empresa desde 2003.

“O conceito de diesel hidráulico híbrido tem o potencial de oferecer aos clientes de caminhões algo único – desempenho e emissões quase zeradas com melhorias significativas na economia de combustível,” diz Dee Kapur, Presidente da International – Truck Group. “A International está satisfeita por ser parte da integração desta tecnologia em todo o sistema do veículo, visando oferecer valor agregado aos nossos clientes.”

A International tem um histórico de cooperação técnica com a Divisão de Tecnologia Avançada do EPA. Em 2004, a International, sob um acordo de desenvolvimento e pesquisa cooperada, começou a trabalhar com tecnologia de combustão de diesel limpo para baixar consideravelmente as emissões dentro da câmara de combustão, minimizando a necessidade posterior de tratamento.

A International é a líder na produção de caminhões carga média e no mercado de ônibus escolares. Estes veículos operam normalmente com paradas frequentes, que é o modo ideal de operação para este hidráulico híbrido a diesel. “Para continuar a ser um líder de mercado precisamos sempre buscar avanços tecnológicos que forneçam benefícios aos nossos clientes. O hidráulico híbrido a diesel é justamente esse tipo de tecnologia,” disse Kapur .

A Eaton vem trabalhando com o EPA desde outubro de 2001 sob um acordo de pesquisa e desenvolvimento cooperados envolvendo sistemas hidráulicos híbridos. Como Parte do papel da empresa em projetar e desenvolver tecnologias híbridas, os engenheiros da Eaton foram realocados para o escritório da EPA em Ann Arbor, no estado de Michigan. Eaton também está trabalhando em outras iniciativas para veículos híbridos com a UPS, International e outras.

“ A Eaton vê as séries híbridas como progresso natural e empolgante no desenvolvimento de sistemas hidráulicos híbridos ”, diz Craig Arnold, Vice Presidente Sênior da Eaton e Presidente do Grupo Fluid Power.“Nós desenvolvemos um sistema híbrido paralelo, chamado de Eaton Hydraulic Launch AssistÔ (HLA®), sistema que planejamos comercializar em 2007. Acreditamos que este produto irá dar confiança aos nossos clientes para considerar as séries híbridas quando comercializadas.”

“A Eaton continua a desenvolver um número de tecnologias de híbridos hidráulicos e veículos elétricos híbridos com uma gama variada de usos para o consumidor,”disse Arnold. “Estamos compromissado em trabalhar com o EPA , nossas indústrias e nossos clientes para criar um futuro mais limpo e mais promissor.”

FONTE: Aviação Brasil – Assessoria de Imprensa – São Paulo/SP