Embraer apresenta novos conceitos de jatos executivos em estudo

124

A Embraer apresentou hoje os novos conceitos dos jatos executivos midsize (MSJ) e midlight (MLJ) durante uma coletiva com a imprensa no 60º Encontro Anual e Convenção da National Business Aviation Association (NBAA), em Atlanta, nos Estados Unidos. Um modelo em tamanho real do MSJ em estudo será revelado no estande 3737 da Empresa, amanhã, para demonstrar os novos conceitos.

“Estamos mostrando os conceitos de novos e revolucionários jatos executivos midsize e midlight este ano no NBAA”, disse Frederico Fleury Curado, Diretor-Presidente da Embraer.

“Ao exibir um modelo em tamanho real, podemos interagir com potenciais clientes e obter opiniões valiosas para o nosso processo interno de avaliação do programa.”

As principais características do novo projeto destes conceitos de jatos executivos são o conforto superior, o excelente desempenho e o baixo custo de operação. A avaliação crítica dos dois conceitos apresentados e os comentários e sugestões dela derivados constituirão elementos importantes para suportar futuras decisões da Embraer com respeito ao possível lançamento destes produtos no mercado.

Estabelecendo um novo paradigma para os respectivos segmentos, o interior de ambos os conceitos, projetado pela BMW Group DesignworksUSA, oferecerá conforto e estilo sem paralelo: 1,82 metro (6 pés) de altura de cabine, piso plano, galley totalmente equipada e lavatório traseiro com manutenção externa. Os novos conceitos serão os melhores em suas classes em termos de espaço de cabine e características de isolamento acústico, bem como de volume do bagageiro.

O MSJ está sendo projetado para ter alcance de 5.186 km (2.800 milhas náuticas), com oito passageiros, velocidade de Mach 0,80 e reservas NBAA IFR. Essas características permitirão aos clientes voar sem escalas, nos Estados Unidos, de Miami à Seattle; de Nova York à Los Angeles, ou de Los Angeles à Honolulu (Havaí), bem como de Gander (Canadá) à Paris (França), de Paris à Riad (Arábia Saudita), de Moscou (Rússia) à Nova Deli (Índia) e do Rio de Janeiro (Brasil) à Chicago (EUA), com escala em Caracas (Venezuela).

O MLJ está sendo projetado para ter alcance de 4.260 km (2.300 milhas náuticas), com quatro passageiros, em regime de cruzeiro de longo alcance (Long-Range Cruise – LRC) e reservas NBAA IFR. Essas características permitirão aos clientes voar sem escalas de Atlanta (EUA) à Seattle, Nova York à Cidade do México (México), Moscou à Madri (Espanha) ou Riad, e do Rio de Janeiro à Bariloche (Argentina).

Os novos conceitos terão uma cabine de pilotagem moderna e integrada com sistemas aviônicos no estado-da-arte, cabine de pilotagem eletrônica (sem manuais impressos) e monitores com suporte gráfico avançado.

FONTE: Aviação Brasil – Assessoria de Imprensa – São Paulo/SP