Embraer cria Diretoria de Meio Ambiente

262

Com o intuito de integrar e expandir as políticas ambientais da Empresa e alcançar novos patamares de desenvolvimento sustentável, a Embraer criou a Diretoria de Estratégias e Tecnologias de Meio Ambiente, sob a liderança de Satoshi Yokota, Vice-Presidente Executivo de Planejamento Estratégico e Desenvolvimento Tecnológico que, no passado, atuou como responsável por diversas áreas-chave na Companhia, entre as quais as relacionadas à indústria, engenharia e desenvolvimento.

Diretamente relacionado a essa decisão, Graciliano Campos foi nomeado Diretor de Estratégias e Tecnologias de Meio Ambiente, reportando-se a Yokota. “A preocupação com as questões ambientais é cada vez maior dentro da Embraer, e isso se reflete tanto nos produtos desenvolvidos pela Companhia como nas políticas ambientais estabelecidas”, disse Frederico Fleury Curado, Diretor-Presidente da Embraer. “A criação dessa nova diretoria é mais um importante passo no sentido de coordenar esforços para o desenvolvimento sustentável da Embraer, respeitando o meio ambiente.”

A Diretoria de Estratégias e Tecnologias de Meio Ambiente tem como propósito desenvolver políticas específicas voltadas para a preservação do meio ambiente. A meta é apoiar as unidades de negócios e demais áreas da Empresa no estabelecimento de estratégias com vistas à redução do impacto ambiental dos produtos fabricados e processos produtivos, bem como das operações de fornecedores e clientes.

“Entre as responsabilidades do novo executivo está o acompanhamento, de forma global, da evolução do assunto meio ambiente, auxiliando a Empresa na busca de materiais e tecnologias alternativas que tenham menor impacto ambiental”, explicou Satoshi Yokota, Vice-Presidente Executivo da Embraer de Planejamento Estratégico e Desenvolvimento Tecnológico.

A Embraer foi a primeira fabricante do setor aeronáutico a obter, em 2002, a certificação internacional ISO 14001 – um atestado das corretas práticas ambientais da Companhia.

Recentemente, a Embraer contratou uma consultoria para inventariar todas as unidades no Brasil com relação à emissão de CO2, de modo a direcionar as ações da Empresa na expansão das políticas ambientais.

“Na Embraer, vivemos desafios constantes e crescer com sustentabilidade é, sem dúvida, um dos mais importantes atualmente”, disse Graciliano Campos, Diretor de Estratégias e Tecnologias de Meio Ambiente. “Vamos revisar nossas estratégias para tratar as questões atuais e futuras, minimizando o impacto ambiental da Empresa e contribuindo para o esforço mundial para diminuir a emissão de gases do efeito estufa e o aquecimento global.”

FONTE: Aviação Brasil – Assessoria de Imprensa – São Paulo/SP

Publicidade