Embraer inaugura centro de treinamento na Ásia

128

A Embraer Cingapura oferece serviços de treinamento de classe mundial para os E-Jets no centro de treinamento da Alteon, no aeroporto de Changi, em Cingapura. A inauguração dos serviços de treinamento da Embraer em Cingapura, ontem, é parte do investimento de US$ 40 milhões na Ásia e Pacífico e do plano de expansão da Empresa na região, e permitirá à Companhia fornecer uma ampla gama de serviços a um número cada vez maior de clientes.

Tendo como principal ferramenta um simulador completo de vôo Nível D, os serviços de treinamento da Embraer em Cingapura têm capacidade para atender, em média, 300 pilotos por ano. Em 2008, esta capacidade será ampliada para incluir aspectos operacionais do treinamento de comissários de bordo.

Juntamente com a Swiss Aviation Training (SAT), um centro de certificação de treinamento (Type Rating Training Organization – TRTO) e de manutenção (Maintenance Training Organization – MTO) certificado pela European Aviation Safety Agency (EASA), a Embraer oferece treinamento em solo e em simulador. Certificado pela EASA, o simulador de última geração oferece dupla configuração, permitindo certificação por tipo (type rating) de todos os E-Jets da Embraer. Projetado para reproduzir todas as características de vôo, o equipamento possui uma extensa biblioteca visual e interativa de simulações animadas de aeroportos de toda região da Ásia e Pacífico.

“A Embraer Cingapura se dedica a proporcionar o mais completo pacote de serviços à nossa crescente base de clientes na Ásia. Por isso, é muito importante para nós poder oferecer treinamento local às tripulações”, afirmou Orlando José Ferreira Neto, Diretor de Marketing e Vendas da Embraer para a Ásia e Pacífico – Aviação Comercial. “Além de abrigar nossa sede regional, Cingapura é o local ideal por ser um dos principais centros de distribuição de vôos (hub) e pela proximidade de importantes centros comerciais da região. Estamos confiantes que continuaremos expandindo nossa oferta de serviços a partir dessa cidade.”

Antes da inauguração do centro de treinamento em Cingapura, os clientes da região utilizavam bases em locais distantes, como Zurique, na Suíça, a fim de se prepararem para a entrega de E-Jets Embraer. Agora, esses clientes poderão minimizar as despesas adicionais e o tempo despendido em treinamento fora de suas instalações.

A nova base da Embraer em Cingapura oferece treinamento básico e avançado a clientes novos e atuais. O primeiro cliente asiático a utilizar os serviços de treinamento da Embraer em Cingapura foi a Mandarin Airlines, que recentemente começou a operar o primeiro de oito E-Jets na região de Taiwan. Em breve, novas companhias aéreas da Austrália, Índia, China e Japão, entre outros países, também utilizarão o novo centro.

A Embraer continua empenhada na obtenção de outras certificações, visando tornar Cingapura o primeiro centro de serviços de treinamento do mundo totalmente operado pela Embraer e de sua exclusiva propriedade.

FONTE: Aviação Brasil – Assessoria de Imprensa – Sâo Paulo/SP