Embraer lança segunda edição do programa de parceria social

305

O Instituto Embraer de Educação e Pesquisa lança hoje a segunda edição do Programa Parceria Social (PPS), que visa apoiar financeiramente projetos na área social conduzidos por entidades privadas sem fins lucrativos e que tenham a participação ativa dos empregados da Embraer.

No ano passado, na primeira edição do PPS, oito projetos receberam apoio, sendo quatro da região de São José dos Campos, dois de Botucatu e dois de Gavião Peixoto, cidades do interior de São Paulo onde a Embraer tem fábricas.

O PPS foi criado para fomentar uma cultura social e de voluntariado entre os empregados da Embraer e apoiar o desenvolvimento de bons projetos sociais da comunidade. Sua lógica é a da cooperação, base da formação do capital social. Nesta edição do programa, a inscrição dos projetos e o envio de informações adicionais pelos interessados precisam ser feitos por meio do Portal da Cidadania Embraer, que foi ao ar na semana passada. A divulgação dos projetos escolhidos também será feita pelo site que pode ser acessado na Internet no endereço www.cidadaniaembraer.org.br.

Os critérios para o enquadramento dos projetos não mudaram. Eles deverão ser trazidos pelos empregados da Embraer e apoiar iniciativas de natureza social de entidades sem fins lucrativos. Os empregados, que formarão grupos de no mínimo três participantes por projeto, serão os representantes das entidades perante o Instituto Embraer. Eles ficarão responsáveis por acompanhar a execução dos projetos selecionados.

O PPS distribuirá recursos para os projetos que forem aprovados por uma Comissão Julgadora constituída especialmente para este fim. A verba máxima que cada projeto poderá receber foi fixada em R$ 80 mil. O investimento nos projetos aprovados na primeira edição do PPS foi R$ 552 mil. Antes de encaminhado à Comissão, os projetos passarão por análise técnica do Instituto Embraer, que tem critérios de mensuração específicos para avaliá-los. Caberá à Comissão Julgadora tomar a decisão final.

Nesta edição do PPS, a data limite para o encaminhamento dos projetos é 29 de julho. A partir de então, tem início a fase de análise, seguida pelo processo de julgamento. No fim de setembro, o Instituto Embraer divulgará a lista dos projetos que receberão apoio. Para mais informações, visite www.cidadaniaembraer.org.br.

FONTE: Aviação Brasil / Embraer – Assessoria de Imprensa – São José dos Campos/SP

Publicidade