Embraer leva 3 aeronaves para Farnborough Air Show

153

Dois jatos Comerciais e um avião Executivo da Embraer serão levados ao Farnborough Air Show, evento que se realiza entre 19 e 25 de julho no Reino Unido. Representantes da área de Defesa da Embraer também ficarão à disposição no evento para promover os mais recentes marcos em sua linha de produtos militares.

A Embraer mostrará em Farnborough, que fica a 48 quilômetros de Londres, o terceiro integrante de sua nova família de quatro jatos comerciais, especificamente desenvolvidos para o mercado de aeronaves entre 70 a 110 assentos. O EMBRAER 190 (100 assentos) fará vôos diários durante o evento. Além disto, um EMBRAER 170 (70 lugares) operado pela Alitalia Express estará na mostra estática de Farnborough. O EMBRAER 170 está atualmente em serviço comercial com a LOT Polish Airlines, US Airways Express além da própria Alitalia Express. Em março de 2004, a família EMBRAER 170/190 contava com 273 pedidos firmes e 347 opções de compra.

Enquanto isto, a campanha de certificação do EMBRAER 175, de 78 assentos, continua dentro do cronograma. E o primeiro vôo do EMBRAER 195, de 110 lugares, está programado para o terceiro trimestre deste ano.

A Embraer também leva a Farnborough seu jato Legacy Executive, aeronave Executiva da classe “super-midsize” que estabeleceu novos padrões de luxo e conforto dentro do mercado de aviões corporativos. O Legacy Executive traz um novo e atualizado interior bem como várias melhorias de sistemas e performance. O jato Executivo da Embraer vem sentindo uma gradual melhora nas condições gerais de demanda deste mercado, com as entregas de 2003 subindo 63 por cento em relação ao ano de 2002. Pela primeira vez em Farnborough, uma aeronave Executiva será exibida em local exclusivamente dedicado a este tipo de avião.

A área de Defesa da Embraer também promoverá em Farnborough vários marcos dentro de seus programas. No segundo semestre de 2004, os primeiros Super Tucanos serão entregues à Força Aérea Brasileira (FAB), e passarão a integrar o Programa de Vigilância da Amazônia (SIVAM) do Governo brasileiro. A modernização do caça supersônico F5-BR, enquanto isto, ocorre dentro do previsto e a campanha de testes do avião está a todo o vapor. A Embraer também entregará o primeiro avião militar a um membro da Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN): o governo da Grécia vai operar o EMB 145 Airborne Early Warning & Control (AEW&C). A Embraer também se uniu a empresas do setor aeroespacial europeu, além de fazer parceria com a

Lockheed Martin, para competir por contratos de defesa, respectivamente, no Brasil e nos Estados Unidos.

A Embraer completa 35 anos em 2004, período em que mais de 3.000 aeronaves foram produzidas para clientes do mercado de aviação Comercial, Corporativa e de Defesa em todo o mundo. Em maio, a Embraer comemorou a entrega do 800º jato ERJ 145, além de ver inaugurado o serviço com o primeiro ERJ 145 pela Aerolitoral, empresa aérea mexicana.

FONTE: Aviação Brasil / Embraer – Assessoria de Imprensa – São José dos Campos/SP