Embraer participa da Farnborough 2008

242

A Embraer participa do 60º Show Aéreo Internacional Farnborough, realizado de 14 a 20 de julho no aeroporto de Farnborough, próximo a Londres, na Inglaterra. O jato executivo Legacy 600 produzido pela Empresa será exibido na mostra estática, juntamente com o modelo do Phenom 300 e a seção transversal do jato da categoria ultra-large Lineage 1000. A Embraer promoverá toda a gama de produtos de suas quatro unidades de negócios: Aviação Executiva, Aviação Comercial, Defesa e Governo, e Serviços Aeronáuticos.

Durante o evento, a Embraer realizará duas coletivas de imprensa, ambas na sala Hendon do Centro de Imprensa. Na segunda-feira (14), às 14:00 horas, o assunto será aviação comercial e na terça-feira (15), no mesmo horário, os programas de jatos executivos serão o destaque.

Profissionais credenciados da imprensa também serão bem-vindos ao chalé da Empresa (C33-35), onde a equipe de comunicação, bem como executivos da Embraer, estará presente. O recém-ampliado portfólio de jatos executivos da Embraer é composto pelo Phenom 100, Phenom 300, Legacy 450, Legacy 500, Legacy 600 e Lineage 1000. A Empresa lançou o Legacy 600 no Show Aéreo Farnborough, em 2000, estreando neste segmento no qual está empenhada em se tornar uma das principais fabricantes. Atualmente, mais de 140 aeronaves deste modelo estão voando em 23 países. As primeiras entregas do Phenom 100 e do Lineage 1000 estão programadas para o segundo semestre deste ano, e o Phenom 300 entrará em serviço em 2009. Os jatos Legacy 500, da categoria midlight, e Legacy 450, da categoria midsize, anunciados formalmente em abril passado, devem entrar em serviço na segunda metade de 2012 e 2013, respectivamente.

A Embraer é a maior fabricante mundial de jatos comerciais de até 120 assentos, oferecendo a tradicional família ERJ 145 de jatos regionais e a família de última geração Embraer 170/190 de E-Jets. Esses aviões comerciais possibilitam a empresas aéreas regionais, tradicionais e de baixo custo dos cinco continentes operar suas frotas com grande flexibilidade, bem como com baixo consumo de combustível, baixo nível de emissões e economia. Em 30 de junho de 2008, mais de 870 jatos regionais da família ERJ 145 haviam sido entregues em todo o mundo e a carteira de pedidos de E-Jets totalizava 847 ordens firmes e 827 opções de 50 empresas aéreas de 34 países.

O segmento de Defesa e Governo promoverá o turboélice de treinamento avançado e ataque leve Super Tucano, a família de jatos de Inteligência, Vigilância e Reconhecimento (Intelligence, Surveillance and Reconnaissance – ISR), aeronaves para o transporte de autoridades e o avião de transporte de cargas e tropas Embraer C-390, atualmente em fase de estudos.

No que tange à área de Serviços Aeronáuticos, a Embraer promoverá a ampliação dos serviços de manutenção, soluções em materiais e componentes, e serviços de treinamento de clientes, com a finalidade de auxiliar as empresas aéreas a reduzir os custos operacionais e garantir a máxima confiabilidade operacional dos seus aviões.

FONTE: Aviação Brasil – Assessoria de Imprensa – São Paulo/SP

Publicidade