Embraer participa da LAAD 2005

255

A Embraer anunciou hoje a sua participação no evento Latin America Aero & Defence (LAAD 2005), que acontece entre 26 e 29 de abril no Riocentro, cidade do Rio de Janeiro.

Os visitantes da LAAD 2005 encontrarão empresas nacionais e internacionais envolvidas no suprimento e venda de serviços às três forças armadas, forças especiais e serviços de segurança, empresas aéreas comerciais, organizações aeroespaciais, autoridades aeroportuárias e agências governamentais.

Executivos da Embraer estarão à disposição durante o evento para mostrar e promover seus aviões Comerciais, Corporativos e de Defesa, especialmente os produtos da linha de Inteligência, Vigilância e Reconhecimento (ISR), para a qual o Governo Brasileiro foi o cliente-lançador. Oito aviões ISR da Embraer servem atualmente ao Sistema de Vigilância da Amazônia (SIVAM), sendo que cinco são unidades de Alerta Aéreo Antecipado (AEW&C) e três são aeronaves de Sensoriamento Remoto (RS). Na América Latina, o governo mexicano já usa as versões AEW&C e Patrulha Marítima (MP) em missões ISR.

Em outro ponto do Hemisfério Norte, a Grécia tornou-se o primeiro país da OTAN a comprar uma aeronave ISR e, em breve, deverá empregar o AEW&C. Mais recentemente, o Exército dos Estados Unidos encomendou 38 aviões ISR da Embraer para o programa Aerial Common Sensor (ACS), liderado pela Lockheed Martin.

A Embraer promove ainda o Super Tucano, aeronave de treinamento militar e ataque leve, já em uso pela Força Aérea Brasileira (FAB) ao lado de aviões ISR no SIVAM. O Super Tucano é uma evolução da plataforma original do Tucano, com cerca de 650 aeronaves operando em aproximadamente 17 forças aéreas de todo o mundo, incluindo as do Brasil, Grã Bretanha, França, Egito e Kuwait.

FONTE: Aviação Brasil / Embraer – Assessoria de Imprensa – São José dos Campos/SP