Embraer patrocina exposição sobre o Brasil na China

230

A Embraer será uma das patrocinadoras da exposição “Amazônia: Native Traditions”, primeira mostra estrangeira realizada na China dentro da Cidade Proibida, em Pequim. A exibição será inaugurada pelo Presidente Luiz Inácio Lula da Silva no dia 25 de maio como parte da visita oficial da comitiva do Governo brasileiro àquele país. A mostra ocorrerá no Museu do Palácio Imperial com duração prevista de três meses, e é composta por 344 peças de arte indígena e arqueologia da região amazônica.

“A Embraer acredita que a aproximação entre os povos por meio de sua cultura é um importante instrumento de integração, principalmente no caso de países tão distantes, como Brasil e China. Estamos honrados em poder colaborar com este evento”, declarou Maurício Botelho, Diretor-Presidente da Embraer. O estreitamento de relações comerciais entre a Embraer e a China teve início em 2000, quando a empresa montou seu escritório em Pequim e evoluiu para uma “joint venture”, a partir de acordo celebrado em 2002 com a China Aviation Industry Corporation II (AVIC II), dando origem à Harbin Embraer Aircraft Industry (HEAI), responsável pela montagem de jatos regionais da família ERJ 145 naquele país.

A exposição “Amazônia: Native Traditions” é uma iniciativa da BrasilConnects e conta também com o apoio da Companhia Vale do Rio Doce. A mostra ocupará um espaço de 400 metros quadrados dentro da Cidade Proibida e é organizada em duas partes. Em uma delas serão expostas peças de diferentes tradições arqueológicas, entre as quais urnas e tangas Marajoara e cerâmicas Guarita, Aristé e Maracá, além de machados de pedra e pontas de flecha produzidas pelos povos que ocuparam o Brasil em tempos pré-coloniais. Na outra seção, haverá exibição de objetos de povos indígenas contemporâneos, cujo destaque são os adornos de plumária, cestária, cerâmica e máscaras rituais.

O patrocínio da mostra de arte na China alinha-se à política desenvolvida pela Embraer de apoio às manifestações culturais brasileiras, com destaque para a recuperação e preservação da memória da ciência e indústria aeronáutica no País. Uma das iniciativas neste sentido foi a versão para inglês do livro que relata a vida de Santos Dumont (“I Sailed the Wind”), e a restauração da casa que este grande brasileiro habitou, na cidade de Petrópolis.

A Embraer apóia ainda a recuperação do Museu Aeroespacial do Rio de Janeiro (MUSAL), e patrocina a produção da biografia do Marechal-do-Ar Casimiro Montenegro Filho, a cargo do renomado escritor Fernando Morais.

FONTE: Embraer – Assessoria de Imprensa – São José dos Campos/SP

Publicidade