Embraer pode ganhar ordens da Air Canadá

330

A Embraer pode estar prestes a conquistar mercado na casa da sua própria concorrente, a canadense Bombardier. Um artigo publicado na edição de ontem do diário The Globe and Mail, diz que a Air Canada teria mudado seus planos de encomendas anunciado em dezembro.

A alteração embutiria uma troca de 15 aeronaves CRJ-705 da Bombardier pelo mesmo lote de jatos do modelo 170 da fabricante brasileira. Em relatório divulgado hoje, o banco de investimentos Merrill Lynch qualificou a possível troca como um endosso do mercado à nova família de jatos da Embraer, que inclui os modelos 170, 175, 190, 195. A Air Canada já tinha anunciado uma encomenda de 45 jatos 190 da Embraer, numa operação avaliada em US$ 1,3 bilhão. Com o aumento das ordens, esse total pode subir para US$ 1,6 billhão. Vale lembrar que a Air Canada está submetida a um acordo com a Companies Creditors Arrangement Act (CCAA), pacto equivalente à lei norte-americana de proteção contra falências.

O Merrill Lynch avalia que a canadense vai conseguir sair com sucesso dessa condição. O banco também reiterou sua recomendação de compra para os papéis da Embraer, comentando que as mudanças em curso no mercado de aviação internacional, com maior interesse das operadoras por aviões de pequeno e médio porte, deve favorecer a companhia brasileira. “Nós acreditamos que novas ordens para a Embraer podem emergir em 2004”, diz trecho do relatório da instituição.

FONTE: Investnews – Fernando Valduga – Porto Alegre/RS

Publicidade