Embraer recebe mais 50 encomendas para o jato 170

270

A Embraer anunciou hoje uma encomenda da Republic Airways Holdings de até 50 jatos EMBRAER 170. Pelo acordo, 13 aeronaves são encomendas firmes com o início das entregas programado para o terceiro trimestre deste ano. A Republic Airways Holdings tem 37 opções do mesmo modelo, 12 das quais com confirmação esperada até 1o de julho.

As entregas das 13 aeronaves começarão no terceiro trimestre e se estenderão até o primeiro trimestre de 2005. O valor total da encomenda firme ao preço de tabela é de US$ 325 milhões, com potencial para atingir US$ 1,25 bilhão se todas as opções forem convertidas.

“Este acordo é a continuação de uma longa cooperação com a Republic Airways Holdings e comprova a aceitação no mercado da nova família de jatos EMBRAER 170/190”, disse Maurício Botelho, Diretor-Presidente da Embraer. “Com uma frota de 85 aeronaves, a Republic é uma das três maiores operadoras da nossa linha ERJ 145, e esta decisão sobre o novo EMBRAER 170 claramente posiciona a empresa como líder de mercado nos Estados Unidos.”

Em fevereiro, o EMBRAER 170 recebeu a certificação final de tipo do Centro Técnico Aeroespacial (CTA) do Brasil, da Federal Aviation Administration (FAA) dos Estados Unidos, da European Aviation Safety Agency (EASA) da Europa, além de ter obtido uma carta de recomendação da entidade européia Joint Aviation Authorities (JAA). A certificação abriu caminho para o início das entregas das primeiras unidades do EMBRAER 170, que começaram em março.

A família EMBRAER 170/190 é a única especificamente projetada para o crescente mercado de aeronaves com entre 70 e 110 assentos. O EMBRAER 170 pode ser configurado para serviço em duas classes, classe única ou com densidade de assentos mais alta. As aeronaves da Republic oferecerão serviços em duas classes e transportarão um máximo de 70 passageiros.

“A adição de jatos EMBRAER 170 à frota da Republic Airlines oferecerá novas oportunidades para o nosso negócio, à medida em que os operadores continuam a procurar aeronaves maiores capazes de oferecer transporte aéreo de primeiro nível com custos operacionais de um jato regional”, disse Bryan Bedford, Chairman, Presidente e CEO da Republic Airways Holdings. “Esta encomenda nos permitirá continuar cumprindo nosso objetivo, que é prover serviços com um jato regional de alta qualidade e baixos custos para os nossos principais parceiros.”

A Republic Airways Holdings, através de suas subsidiárias, é a terceira maior operadora de aeronaves da Embraer no mundo. A Republic se estabeleceu como líder no oferecimento de serviços com jatos regionais dentro do maior e mais exigente mercado do mundo.

“Ter nosso novo EMBRAER 170 escolhido para fazer parte da frota da Republic é uma grande honra”, disse Botelho. “As empresas aéreas que possuem acordos de operação com as subsidiárias da Republic Airways Holdings descobrirão que o EMBRAER 170 seguirá a mesma trilha de sucesso do ERJ 145.”

A família EMBRAER 170/190 conta com 245 pedidos firmes e 305 opções de clientes como a Air Caraibes, Alitalia, Cirrus, GECAS, JetBlue, LOT Polish Airlines, SWISS e U.S. Airways. A U.S. Airways será o primeiro operador do EMBRAER 170 nos Estados Unidos ao colocar o jato em serviço comercial na primavera daquele país.

O EMBRAER 170 acomoda entre 70 e 78 passageiros. Comparado aos jatos regionais, sua fuselagem em desenho de “dupla-bolha” proporciona maior conforto aos passageiros na forma de uma cabine mais ampla, que oferece mais espaço para os ombros e as pernas, corredores maiores, assentos mais amplos e maior compartimento de bagagem. Seus assentos, arranjados dois a dois, eliminam a indesejada fileira central, facilitando acesso aos assentos e compartimentos de mala de mão, e tornando a entrada no avião mais rápida e simples.

O EMBRAER 170 é impulsionado por dois motores General Electric CF34-8E montados sob as asas da aeronave e traz componentes de grandes nomes da indústria aeroespacial dos Estados Unidos incluindo Honeywell, Hamilton Sundstrand e Goodrich Corporation. Como os outros membros da família, o EMBRAER 170 tem quatro portas, oferecendo aos operadores menor tempo de permanência no solo e o máximo de flexibilidade em termos de configuração de cabine, seja para duas classes, classe única ou para configurações com densidade de assentos mais alta.

A Republic Airways Holdings, sediada em Indianápolis, Indiana, é uma “holding company” do setor aéreo controlada por fundos de investimento organizados e gerenciados pela Wexford Capital LLC, que fica na cidade de Greenwich, estado de Connecticut, nos Estados Unidos. A Republic é dona atualmente de duas subsidiárias, a Chautauqua Airlines e a Republic Airlines.

A Chautauqua Airlines recentemente foi escolhida a Empresa Aérea Regional do ano pela revista Air Transport World. A empresa está comemorando o 30o aniversário do serviço comercial para passageiros.

A Chautauqua Airlines oferece mais de 500 vôos diários entre 67 cidades em 26 estados, além de servir ao Canadá e às Bahamas através de acordos de “code-sharing” com três grandes empresas aéreas dos Estados Unidos. Sua frota, inteiramente composta por jatos, conta atualmente com 85 aeronaves regionais da Embraer, incluindo 55 ERJ 145, 15 ERJ 140 e 15 ERJ 135. Todos estes vôos são operados com a bandeira de companhias aéreas parceiras, como a AmericanConnection, a Delta Connection e a US Airways Express. A empresa emprega mais de 1.900 profissionais da aviação.

FONTE: Embraer – Fernando Valduga – São José dos Campos/RS

Publicidade