Empresa de Cingapura oferece vôo mais longo do mundo

124

A Singapore Airlines Ltd, a empresa aérea mais rica da Ásia, começou a realizar na segunda-feira o mais longo vôo comercial sem escalas do mundo – uma viagem de 18 horas ligando Cingapura a Nova York.

O vôo decolou as 12h05 (horário local) e deve chegar em Nova York às 6h de terça-feira (horário local).

A jornada de 16.600 quilômetros, a bordo de um Airbus A340-500, é o segundo recorde de vôo sem escalas batido pela empresa aérea.

Em fevereiro, a empresa estatal realizou um vôo de 16 horas entre Cingapura e Los Angeles, no que então foi o mais longo vôo comercial sem escalas do mundo.

Enquanto a música “New York, New York”, na voz de Frank Sinatra, era ouvida na ala de embarque, os 181 passageiros do vôo inaugural aproveitavam algumas regalias — como champanhe e um farto bufê.

Os passageiros também receberam uma máquina Polaroide.

Até a Airbus começar a fabricar os A340-500, com asas mais longas e maiores tanques de combustível, nenhum avião comercial poderia realizar o trajeto de Cingapura a Nova York com uma carga normal de passageiros e bagagens.

O avião conta com cadeiras especiais na classe executiva que se transformam em camas de 66 centímetros de largura e 1,98 metro de comprimento. As cadeiras da classe econômica também são um pouco maiores que o normal.

Para celebrar o vôo histórico entre Cingapura e a cidade conhecida como “Big Apple”, autoridades do aeroporto distribuíram 20 mil maçãs vermelhas no local.

Uma porta-voz da Singapore Airlines disse que as passagens na classe executiva do vôo eram vendidas por 5.363 dólares, e as da classe econômica, por 2.050 dólares. Esses valores devem aumentar cerca de 10 por cento quando a promoção atual terminar.

FONTE: Reuters Investor – Reuters Investor – São Paulo/SP