Encontro discute prevenção de acidentes aeronáuticos

217

Será realizado nos dias 5 e 6 de outubro, em Salvador-BA, o II Seminário Nacional de Perigo Aviário e Fauna. O evento é organizado pelo CENIPA – Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos. Este evento faz parte da política de Segurança de Vôo do CENIPA que tem por objetivo procurar esclarecer para as autoridades municipais, estaduais e até federais, o perigo latente (risco de colisão) que os pássaros representam para o vôo.

A colisão de aves com aeronaves, principalmente durante a decolagem, é um grande problema para a segurança de vôo em todo o mundo. Em 2005, grandes empresas aéreas sofreram prejuízos superiores a U$ 5.000.000,00, de acordo com o SNEA – Sindicato Nacional das Empresas Aeroviárias.

Os acidentes mais graves acontecem após o impacto dos pássaros, principalmente urubus, nas aeronaves, quando as aves cruzam o espaço aéreo próximo dos aeroportos e cidades. Para o chefe de seção de prevenção a acidentes da Líder Aviação, Comandante Tomaz Jeferson, que participa do seminário como palestrante, o problema é difícil de contornar: “Os maiores focos de aves são os depósitos de lixo e matadouros. E esses aumentam no mesmo ritmo do crescimento das cidades. Como os locais ficam próximos à rota dos aviões, são maiores as chances de acidente”, afirma.

Tomaz Jeferson explica que o aumento das colisões é resultado da concentração de aves devido ao inadequado uso do solo urbano. A desordenada ocupação das áreas vizinhas aos aeroportos gera deficiências na coleta, bem como a falta de um adequado tratamento e destinação final de resíduos sólidos domésticos dos municípios. Com isso, há abundante oferta de material orgânico em lixões – vazadouros de lixo a céu aberto. E, os lixões atraem para os seus arredores maciças quantidades de urubus, que respondem por 22% das colisões em que a espécie de ave pode ser identificada.

No Brasil, ainda não foram registradas mortes por acidentes com aves, mas o prejuízo com a manutenção das aeronaves é enorme, sendo que o motor uma das partes mais atingida na colisão. O seminário conta com patrocínio da Líder Aviação e será realizado no auditório da Infraero, no Aeroporto Internacional de Salvador. São esperadas cerca de 200 pessoas de vários segmentos da sociedade, incluindo autoridades do município e representantes da Procuradoria Geral do Estado.

Serviço:

– Data: 05 e 06 de Outubro
– Local: Aeroporto Internacional de Salvador

FONTE: Aviação Brasil – Assessoria de Imprensa – São Paulo/SP

Publicidade