GOL deve reportar prejuízo no segundo trimestre

362

A companhia aérea GOL deve reportar um prejuízo de R$ 62,7 milhões para o segundo trimestre do ano, com margem líquida negativa de 5,4%, de acordo com as estimativas da Brascan Corretora. O resultado contrasta com um lucro líquido de R$ 106,7 milhões, registrados em igual período do ano passado, e um ganho de R$ 116,7 milhões no primeiro trimestre. Os dados serão apresentados após o fechamento do pregão de hoje.

De acordo com analise da corretora, o setor de aviação continuou enfrentando alguns contratempos com controladores de vôos e atrasos nos aeroportos. Para manter a taxa de ocupação, a empresa seguir com a política de redução de tarifas. Mesmo com a redução, a taxa de ocupação no trimestre ficou em 65,5%, resultado inferior aos 74,3% registrados no segundo trimestre do ano passado.

Esta queda na taxa de ocupação e no retorno por passageiro impactou negativamente o RASK, ou receita operacional por assento-quilômetro oferecido, da empresa. Em função disso, a corretora estima receita líquida em R$ 1,15 bilhão, resultado 36% maior no comparativo anual.

Para a Brascan, a divulgação de margens negativas pela primeira vez deverá ter impacto negativo na performance das ações da companhia. ´Em função do anúncio de aquisição da Varig e dos recentes acontecimentos, estamos revisando o nosso preço justo para as ações da empresa. Nosso preço justo anterior era de R$ 71,34, com recomendação outperform´, finaliza o relatório.

FONTE: InvestNews – Redação – São Paulo/SP