GOL solicita mais 20 Boeing 737-800 NG e aumenta plano de frota

263

A GOL Linhas Aéreas anuncia que aumentou o número de pedidos firmes de 67 para 87 aeronaves, dando continuidade a seus planos de expansão e redução de custos. O contrato é o maior já firmado entre a Boeing e uma empresa da América Latina. A Companhia também aumentou o número de opções de compra em 20 aeronaves, elevando o total de pedidos a 121 aeronaves 737-800 Nova Geração.

A primeira aeronave do pedido entrou na frota em 30 de julho deste ano. A pedido da GOL, a Boeing desenvolveu os 737-800 para pouso e decolagem em pistas curtas. Os novos 737-800’s da GOL são equipados com winglets, que proporcionam uma redução de até 3% no consumo de combustível. Além de diminuir os custos operacionais, os winglets proporcionam uma melhor performance de vôo, permitem a realização de percursos mais longos sem escalas e a redução de ruído na decolagem. O modelo 737-800 também é maior do que o 737-700 e transporta até 30% a mais de passageiros.

A Companhia também anunciou que ampliou seu plano de frota entre 2006 e 2012 para atender à ampliação do tráfego de passageiros no Brasil e na América do Sul. A Boeing estima um crescimento anual de 7,4% no tráfego aéreo na América do Sul para os próximos cinco anos, a segunda maior taxa de crescimento de uma região no mundo depois da China. As aeronaves Boeing 737-800 NG têm baixos custos operacionais e é peça-chave na estratégia da GOL de popularizar o transporte aéreo na América do Sul.

Atualmente, a GOL opera com 56 aeronaves Boeing 737. A Companhia acrescentou ao seu plano de frota uma aeronave 737-800 NG e duas 737-300 em 2006, e três 737-800 NG e duas 737-300 para 2007 e 2008. O aumento no número de pedidos firmes de 737-800 NG acrescentará a frota quatro novos aeronaves em 2009, oito em 2010, cinco em 2011 e três em 2012.

FONTE: Aviação Brasil – Assessoria de Imprensa – São Paulo/SP

Publicidade