Governo americano autoriza Sita na transmissão de informações de passageiros pelo check in

102

Após testar a tecnologia da Sita, empresa suíça fornecedora de soluções de gerenciamento de fronteira para a indústria de transporte aéreo, o governo americano autorizou a transmissão de informações de passageiros pelo sistema de check in da empresa. O serviço de Consulta Rápida de Informações Prévias Sobre Passageiros (APIS AQQ) vai permitir que a agência americana que cuida da segurança (Department of Homeland Security) verifique se os nomes dos passageiros constam na lista de suspeitos de terrorismo compilada pelo governo, antes da partida do vôo, e então autorize automaticamente as companhias áreas a emitir ou não cartões de embarque, no momento do check-in.

Essa tecnologia já é utilizada na Austrália, Bahrain, Kuwait e Nova Zelândia. A Sita é o único fornecedor que oferece uma solução comercial iAPI pronta, chamada APP (Processamento Prévio dos Passageiros, “Advance Passenger Processing”) aos governos e empresas aéreas do mundo inteiro. Mais da metade das companhias aéreas do mundo tem condições de implementar o APP. Essas empresas podem usar a tecnologia Sita para enviar dados sobre os passageiros ao governo americano de forma interativa.

FONTE: Aviação Brasil – Assessoria de Imprensa – São Paulo/SP