IFS lança solução para o setor de MRO

245

De olho no crescimento do mercado nacional de aviação comercial, a IFS Brasil lança uma nova estratégia para fornecer sua solução de Manutenção desenvolvida para o setor. Integrada ao seu software de gestão empresarial IFS Applications, a nova tecnologia é voltada para companhias do segmento de aviação que realizam a própria manutenção de suas aeronaves, como também para empresas que prestam este serviço tanto para aviões quanto para helicópteros.

A solução foi desenhada de acordo com as necessidades do dia-a-dia deste setor e abrange todo o ciclo de vida das aeronaves, o que inclui o gerenciamento de frotas, possibilitando dados confiáveis sobre todas as configurações das aeronaves individualmente, além de todos os parâmetros operacionais de cada componente, controlando as peças por horas de vôo, ciclos de vôo, horas operacionais e horas de motor; a manutenção de linhas, que são os reparos realizados durante as paradas de cada vôo, podendo ser feita através de palm tops ou relatórios; além da Manutenção, Reparo e Overhaul (MRO), voltado para a manutenção no hangar, conserto e reposição.

Projetada de acordo com as necessidades operacionais do MRO, a solução envolve a manutenção pesada, reparos de componentes, serviço de pós-venda e revisão de motor. “No mercado de aviação atual, as linhas aéreas e outras operadoras de aeronaves exigem serviços confiáveis com orçamentos cada vez mais enxutos. Essa demanda é configurada no IFS Applications para maximizar a utilização dos equipamentos e reduzir a manutenção, assim como os custos de estoque”, comenta Valdir Pandolfi, diretor comercial da vertical de manutenção.

O IFS MRO foi localizado para as demandas nacionais, o que necessitou de um investimento de mil horas para torná-lo aderente às normas da ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil). A tecnologia é oferecida tanto para as empresas que operam somente no Brasil quanto para as que mantêm uma estrutura na América Latina. Para isso, a IFS disponibilizando suporte em inglês, português e espanhol. Com isso, o chamado de qualquer país latino-americano é feito localmente, independente de onde estiver a aeronave.

E as vantagens não param por ai. “Além de um ambiente de manutenção de aeronaves próprio a partir de um controle interno de estoque e compras, as empresas ainda podem contar com a facilidade do IFS Applications estar preparado para arquitetura orientada a serviços (Service Oriented Architecture, ou SOA), o que proporciona fácil integração com qualquer ERP”, resume Pandolfi. Segundo o executivos, enquanto o IFS Applications administra as necessidades da área de manutenção, outro ERP já implantado fica a cargo das compras externas.

Entre as referências da IFS no setor de manutenção de aeronaves estão Força Aérea Americana, Gable Engineering, Air Logistics e GE Engine Services, da América do Norte, Finnair, Bristow Helicopters e Oslo Lufthavn AS, na Europa, e Hawker Pacific e Helitec na Ásia.

FONTE: Aviação Brasil – Assessoria de Imprensa – São Paulo/SP