ILS Cargo Group faz sua estréia na Labace 2008

145

A ILS Cargo Group, empresa de logística internacional, comemora os bons resultados de sua estréia na Labace – Latin América Business Aviation Conference & Exhibition, que aconteceu de 14 a 16 de agosto de 2008, no Aeroporto de Congonhas, em São Paulo.

Especializada em logística para o setor de aviação, a ILS Cargo apresentou aos visitantes os serviços prestados pelo seu departamento de Aerospace, que conta com profissionais capacitados para o manuseio de partes, peças, componentes e de aeronaves inteiras. A empresa, que completa dez anos no próximo ano, está presente nos cinco continentes por meio de agentes especializados, o que permite uma atuação global ágil e eficiente.

Durante os três dias do evento, o público pôde conhecer os benefícios de um serviço de logística internacional personalizado, em que as necessidades de cada cliente são criteriosamente avaliadas para a identificação da solução mais adequada, e a importância deste trabalho para o setor de aviação. “O serviço de logística é essencial para o mercado de aviação, pois sem ele as aeronaves não saem do chão. Um trabalho eficiente de logística representa economia de tempo e dinheiro, mas, para isso, é preciso fazer um estudo detalhado de cada caso antes de elaborar a solução mais adequada”, explica Célia Regina de Pinho, diretora presidente da ILS Cargo.

Entre os resultados positivos alcançados durante o evento, a ILS Cargo destaca o fortalecimento da marca e do relacionamento com os clientes, muitos deles também expositores. “A Labace foi uma ótima oportunidade para consolidar nossa marca e estabelecer contatos estratégicos, com potencial para gerar novos negócios para a empresa”, avalia Célia. Acompanhando o crescimento do mercado de aviação, a ILS Cargo encontra-se em plena expansão. Nos últimos três anos a empresa atingiu suas metas e foi verificado um aumento de mais de 50% no número de embarques.

A quinta edição da Labace, a maior feira de aviação executiva da América Latina, reuniu os principais fabricantes de aviões, jatos e helicópteros executivos, além de prestadores de serviços para o setor. Somente nos dois primeiros dias, a feira gerou mais de US$ 300 milhões em novos negócios, superando o valor de US$ 200 milhões alcançado no ano passado.

FONTE: Aviação Brasil – Assessoria de Imprensa – São Paulo/SP