Icelandair Encomenda Dois Aviões Boeing 787 Dreamliner

272

A Boeing e a Icelandair anunciaram hoje um pedido firme de dois novos 787 Dreamliners. A companhia aérea está expandindo as suas operações em rotas de longa distância a partir da Islândia e aumentando a sua frota.

A Icelandair pediu 787-8s que serão entregues em 2010. A operadora está avaliando duas opções de motor, o GENX (GE Next Generation) da General Electric e o Trent 1000 da Rolls-Royce. O pedido está avaliado em US$ 240 milhões, de acordo com a tabela oficial de preços.

“A incomparável eficiência, economia, alcance e conforto oferecidos pelo 787 Dreamliner são ideais para as nossas operações e compromisso de oferecer um serviço superior aos passageiros”, declarou Hannes Smarason, chairman do Flugleidir Icelandair Group.

A Boeing já recebeu 193 encomendas e compromissos para o 787. Estão ocorrendo negociações com companhias aéreas do mundo inteiro. A Icelandair é a 16a companhia aérea a selecionar o 787, apenas 10 meses após o lançamento do Dreamliner, em abril de 2004.

“A eficiência e o desempenho do 787 fazem dele o avião perfeito para atender a expansão das operações de longa distância da Icelandair e servir mercados importantes no mundo”, declarou o vice-presidente de Vendas para a Europa da Boeing Commercial Airplanes, Marlin Dailey. “Este acordo estreita o relacionamento de mais de 30 anos entre a Icelandair a Boeing.”

O 787 ajudará na expansão das operações da Icelandair na Islândia, com a abertura de novos mercados na América do Norte e outros locais. Atualmente, a linha aérea usa a Islândia como terminal entre seis cidades nos Estados Unidos e 16 destinos na Europa.

A Icelandair opera 19 Boeing 757s e 767s em vôos regulares, fretados e de carga. Sua empresa-irmã, Flugleidir Iceland Group, comprou no mês passado 10 Boeing 737s Next-Generation para a sua companhia de leasing.

A Icelandair é uma das 13 subsidiárias do Flugleidir Icelandair Group. O Grupo tem papel central na crescente indústria de turismo da Islândia, e engloba Icelandair, Icelandair Cargo, Icelandair Hotels, Air Iceland, Iceland Travel, Reykjavik Excursions, Icelandair/Hertz, Icelandair Ground Services, Icelandair Technical Services, Loftleidir-Icelandic e Icelandair Shared Services.

O avançado 787 Dreamliner usará 20% menos combustível que os aviões atuais do mesmo tamanho e oferecerá às companhias aéreas até 45% mais capacidade de carga, com inovações para os passageiros que incluem um novo interior mais úmido, assentos e corredores mais amplos, janelas maiores e outras conveniências.

O 787 permitirá que as companhias aéreas ofereçam mais viagens ponto a ponto aos passageiros, com muito conforto. O primeiro vôo do 787 deve ocorrer em 2007, com entrada em serviço prevista para 2008.

FONTE: Aviação Brasil / Boeing – Assessoria de Imprensa – São Paulo/SP