Infraero, Anac e Decea adotam medidas para assegurar fim de ano tranquilo nos aeroportos em 2009

123

Por Parte da Anac as ações são:

a. Inspetores da ANAC acompanharão o procedimento das companhias:
– atrás dos balcões de check-in,na pista,no desembarque e no centro de controle da Aeronáutica (CGNA);

b. Em Guarulhos foram vetados voos fretados no horário de pico (7h às 8h)

c. As maiores companhias (especialmente TAM e Gol) assumiram compromisso de:
– não praticar overbooking ,aceitar o endosso de outras empresas,manter aeronaves reserva, e colocar mais funcionários no check-in.

Por Parte da Infraero as ações são:

a. Para o final de ano
-Suspensão de folgas e férias no fim de ano;
-Aquisição de 1.000 coletes amarelos para identificar funcionários no atendimento ao público;
– Ativação da “Sala de Situação”, que funcionará 24 horas acompanhando as operações nos aeroportos, com telefones diretos para as áreas operacionais.

b. Ações já realizadas em 2009, que terão efeitos positivos no fim do ano:
– Investimentos de R$ 300 milhões nos 67 aeroportos da Rede;
– Aquisição de 22.270 carrinhos de bagagens;
– 130 ônibus;
– 63 picapes para apoio operacional;
– 1.630 rádios de comunicação;
– Instalação de monitores de LCD de até 52” para acelerar a informação ao passageiro;
– Convocados 246 concursados (outros 516 virão em janeiro de 2010);
– Treinadas mais de 1.800 pessoas para atender pessoas com deficiência.

c. ObraS concluídas em 2009:
– Galeão – Melhorias no Terminal I
(reforma de sanitários, acabamentos, revestimentos de paredes, pisos, forro , monitores de informação, etc);
– Santos-Dumont – Reforma do revestimento asfáltico das pistas;
– Cruzeiro do Sul (Acre) – construção do novo Terminal de Passageiros;
– Boa Vista (Roraima) – construção do Terminal de Passageiros;
– Fortaleza – construção do Terminal de Cargas e da Torre de Controle;
– Manaus – Nova cobertura do Terminal II de cargas.

d. Obras em andamento:

Galeão
– Ampliação do Terminal II;
– Novas melhorias no Terminal I (troca de elevadores, forro ,luminárias, recuperação de fachadas);
– Recuperação de pistas e pátios.

Congonhas
– Construção da torre de controle.

Confins
– Ampliação do estacionamento.

Recife
– Completar conexão do terminal de passageiros a mais quatro pontes de embarque.
Piauí
– Ampliação do pátio de aeronaves e pistas.
Natal
– sistemas de pavimentação e drenagem e de auxílios à navegação de pátios e pistas do novo Aeroporto de São Gonçalo do Amarante / Natal (RN).
Salvador
– Recuperação do sistema de pistas e pátios

FONTE: Aviação Brasil via Ministério da Defesa – Redação – São Paulo/SP