Jato Lineage 1000 da Embraer recebe certificação da FAA

279

A aeronave recebeu, em dezembro de 2008, o Certificado de Tipo da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), do Brasil, e da European Aviation Safety Agency (EASA), da União Européia.

Atualmente, mais de 20 jatos Lineage 1000 foram vendidos em todo o mundo. O STC é válido para o interior do jato, que foi projetado, fabricado e instalado pela PATS Aircraft Completions, uma subsidiária da DeCrane Aerospace localizada nos Estados Unidos.

“Estamos satisfeitos em anunciar a certificação do Lineage 1000 pela FAA, confirmando todas as características excepcionais previamente aprovadas pela ANAC e pela EASA”, disse Luís Carlos Affonso, Vice-Presidente Executivo da Embraer para o Mercado de Aviação Executiva.

“Uma das grandes conquistas deste projeto foi o aumento do alcance máximo da aeronave para 4.500 milhas náuticas, oferecendo aos operadores novas alternativas de rotas e destinos.”

O alcance máximo do Lineage 1000, originalmente projetado para ser de 4.200 milhas náuticas (7.778 km ou 4.833 milhas) com oito passageiros, ou 4.350 milhas náuticas (8.056 km ou 5.005 milhas) com quatro passageiros, foi estendido para 4.400 milhas náuticas (8.149 km ou 5.063 milhas) com oito passageiros, ou 4.500 milhas náuticas (8.344 km ou 5.179 milhas) com quatro passageiros, ambos com reservas NBAA IFR.

O estilo da cabine foi desenvolvido por meio de uma parceria da Embraer com o escritório de design Priestman Goode, de Londres, Reino Unido. Além de ambientes elegantes e relaxantes, o Lineage 1000 oferece uma grande variedade de configurações de interior para as cinco zonas de cabine, onde os passageiros podem ter privacidade para reuniões, descanso e refeições, incluindo uma suíte privativa com chuveiro. O refinado interior oferece o máximo de conforto aos passageiros, com uma altitude máxima de cabine equivalente a 2.134 metros (7.000 pés) e três zonas de temperatura distintas.

Lançado em maio de 2006, o Lineage 1000 é o maior e mais refinado jato executivo do portfólio da Embraer. O avião é baseado no jato comercial EMBRAER 190, que foi certificado em agosto de 2005 e é um dos quatro integrantes da família de E-Jets, hoje operando em 35 países e com mais de 2,2 milhões de horas de vôo acumuladas.

A certificação confirma o peso máximo de decolagem do Lineage 1000 (54.500 kg ou 120.150 libras) e possibilita ao jato voar sob condições de Operações Estendidas (Extended Operations) ETOPS 120, demonstrando a capacidade da aeronave de operar em rotas que tenham um aeroporto alternativo distante até 120 minutos da rota de vôo. Com isso, o Lineage 1000 pode voar longas distâncias sobre oceanos, desertos e outras áreas inóspitas, incrementando seu alcance operacional em todo o mundo.

A aprovação inclui também o novo projeto do sistema auxiliar de combustível, que atende aos mais recentes requisitos de segurança SFAR 88 e é completamente integrado com o sistema aviônico de última geração Honeywell Primus Epic®, cujas características de automação reduzem a carga de trabalho do piloto.

O STC certifica as modificações realizadas no interior completamente personalizado do jato executivo, no compartimento de carga acessível em vôo e no sistema de oxigênio.

FONTE: Aviação Brasil – Assessoria de Imprensa – São Paulo/SP

Publicidade