Jatos Embraer 170 e 175 ganham versões com maior alcance

296

A Embraer lançou novas versões com alcance avançado (Advanced Range – AR) dos jatos EMBRAER 170 e EMBRAER 175 da família de quatro aeronaves E-Jets.

As novas versões são projetadas para atender aos requisitos de clientes atuais e potenciais que necessitam de alcance extra e flexibilidade operacional. A Northwest Airlines é o cliente lançador do EMBRAER 175 AR. As primeiras dez aeronaves da empresa serão da versão Long Range (LR) e, posteriormente, serão convertidas para a versão AR. As mudanças estruturais dos outros 26 jatos do pedido firme da Northwest serão incorporadas na linha de produção.

“Temos muito orgulho em ser o cliente lançador da nova versão EMBRAER 175 AR e em oferecer esse benefício aos passageiros da Northwest”, disse Dan McDonald, Vice-Presidente Financeiro e de Planejamento de Frota da Northwest. “O EMBRAER 175 proporciona uma experiência de vôo confortável e eficiente. A versão AR nos permitirá alcançar mercados adicionais, melhorando, dessa forma, a flexibilidade operacional e a receita potencial.”

“Estamos constantemente analisando as necessidades e exigências dos nossos clientes e as novas versões AR do EMBRAER 170 e EMBRAER 175 são o resultado destas análises”, disse Mauro Kern, Vice-Presidente Executivo da Embraer para o Mercado de Aviação Comercial. “As empresas aéreas que precisam de maior alcance para aumentar sua flexibilidade, em termos de oferta de vôos e cobertura do mercado, vêem essas aeronaves como soluções atrativas para as necessidades das suas rotas principais.”

As versões AR incorporam reforços estruturais que permitem à aeronave operar com pesos de decolagem, pouso e “zero combustível” acima dos valores máximos atuais. Isso significa um alcance adicional médio de 556 km (300 milhas náuticas) e um aumento na carga paga (payload) de mais de 700 kg (1.543 lb), dependendo do modelo da aeronave, condições específicas de operação da companhia aérea e configuração.

A certificação das novas versões está prevista para dezembro de 2008. A Embraer oferecerá um kit de modificação aos atuais operadores interessados.

A família EMBRAER 170/190 de E-Jets é composta por quatro jatos comerciais com 70 a 122 assentos, fruto de um projeto de engenharia avançado que apresenta performance destacada, grande economia operacional e uma ampla cabine.

Os E-Jets têm velocidade operacional máxima de Mach 0,82 e voam a 12.497 metros (41.000 pés) de altitude, com um alcance de até 4.260 km (2.300 milhas náuticas). O alto grau de comunalidade entre as quatro aeronaves resulta em uma excepcional redução nos custos de manutenção e de peças de reposição.

Outro ponto forte é a tecnologia fly-by-wire utilizada no sistema de comandos de vôo, semelhante à empregada em jatos comerciais maiores e aeronaves militares. A família de jatos EMBRAER 170/190 oferece conforto superior com o projeto da fuselagem em dupla-bolha, que inclui duas entradas principais para passageiros e duas portas de serviço que minimizam o tempo de permanência em solo. Os E-Jets oferecem muito mais conforto e espaço ao passageiro, em uma única ou em duas classes, que qualquer outra aeronave do mesmo tamanho.

Em 31 de março de 2007, a carteira de pedidos da família de E-Jets tinha 630 pedidos firmes e 558 opções, totalizando 1.118 aeronaves encomendadas por 32 clientes em 22 países.

FONTE: Aviação Brasil – Assessoria de Imprensa – São Paulo/SP

Publicidade