Jet Aviation fará manutenção de linha para as versões Executive e Shuttle do Legacy

111

A Jet Aviation Holdings Inc. e a Embraer assinaram um acordo pelo qual as unidades da Jet Aviation in Teterboro, Bedford e Dallas, respectivamente em Nova Jersey, Massachusetts e Texas, ficarão autorizadas a oferecer serviços de manutenção para as aeronaves Legacy da Embraer. Juntando-se ao centro de serviços para o Legacy da Jet Aviation em Palm Beach, Flórida, cada uma das unidades estará em conformidade com os padrões estabelecidos pela Embraer.

Os mecânicos da Jet Aviation em cada uma de suas unidades serão treinados e autorizados a fazer manutenção de linha nas versões Executive e Shuttle do Legacy, bem como nos aviões ERJ 135, ERJ 140 e ERJ 145. A Jet Aviation também estará autorizada a realizar tarefas de manutenção durante o período de garantia e administrará o programa Total Legacy Care (TLC) para os proprietários e operadores do Legacy.

“Enquanto a família Legacy de aviões executivos se expande, a Jet Aviation estará disponível para oferecer serviço de classe mundial em cada uma de suas unidades nos Estados Unidos, além daquelas localizadas em Dusseldorf e Londres”, disse Gary Dempsey, Vice-Presidente Sênior de Manutenção de Aeronaves da Jet Aviation.

“A expansão de nossa base de apoio por meio da Jet Aviation dará mais flexibilidade ao operador no que tange o planejamento da manutenção, o que se traduz em economia de custo operacional”, disse Artur Coutinho, Vice-Presidente da Embraer para o Mercado de Aviação Civil nos EUA, Canadá e Caribe.

A Jet Aviation foi fundada na Suíça em 1967 e hoje é líder no oferecimento de serviços de aviação. Mais de 3.500 empregados em mais de 60 unidades e centros espalhados pelo mundo prestam serviço nas Américas do Norte e Sul, Europa, Oriente Médio e Extremo Oriente. A empresa oferece serviços de manutenção, de acabamento de interiores, engenharia, Bases Fixas de Operação (FBO), além de venda, gerenciamento e fretamento de aeronaves no mundo todo. As divisões norte-americanas e européias de gerenciamento de aeronaves e charter operam conjuntamente uma frota de mais de 160 aviões. Em 2003, a Jet Aviation ofereceu algo como 60.000 horas de operação de vôo global.

FONTE: Aviação Brasil / Embraer – Assessoria de Imprensa – São José dos Campos/SP