KLM fortalece parcerias com aéreas chinesas e cria o KLM Club China.

137

A KLM Royal Dutch Airlines e as companhias aéreas chinesas China Southern e Sichuan Airlines vão expandir a cooperação entre elas. Os passageiros das três aéreas irão se beneficiar com novas rotas e freqüências entre a China e a Europa, com conexões entre Amsterdã e as cidades chinesas de Pequim, Xangai e Chengdu. Com o apoio da KLM, a China Southern entrará para a SkyTeam, aliança entre companhias aéreas, em 2007.

A KLM passa a oferecer, a partir de Chengdu, conexões em code share com a Sichuan Airlines para Pequim, Chongqing, Kunming e Xian. Com os dois novos vôos diretos entre Chengdu e Amsterdã, o code share entre Pequim e Chengdu possibilita aos passageiros da KLM fazerem conexões diariamente para Chengdu a partir da capital chinesa.

A partir de 23 de junho, KLM e China Southern vão expandir seus acordos de code share com novos destinos e freqüências na China e na Europa. Os passageiros da KLM terão seis novos destinos servidos pela China Southern a partir de Pequim e Chengdu: Jinan, Nanning, Urumqi, Xining, Yanji e uma outra cidade que será brevemente definida. Em contrapartida, os passageiros da China Southern poderão se beneficiar de dez vôos operados pela KLM para cidades européias, a partir do Aeroporto de Amsterdã – Schiphol.

Inicialmente na Holanda, mas em breve em outros países, a KLM disponibiliza a partir deste mês para empresários que operam no mercado chinês o KLM Club China. Ele oferece uma série de elementos para novos negócios como: acesso a rede de empreendedores e organismos locais e internacionais, plataforma internet com contatos para negócios, serviços de informações, organização de eventos relevantes e outras vantagens. Para garantir a exclusividade do KLM Club China, apenas convidados poderão participar neste primeiro momento. Associados do programa de milhagens Flying Blue que viajam regularmente à China poderão se inscrever gratuitamente até o final de 2006. O interessado deve enviar nome, empresa onde trabalha e número do cartão Flying Blue para clubchina@klm.com. Disponibilizar um serviço como este é uma iniciativa inédita no ramo da aviação comercial. A KLM, baseada na demanda de seus clientes, está estudando a possibilidade de criar o KLM Club Índia e o KLM Club Rússia.

FONTE: Aviação Brasil – Assessoria de Imprensa – São Paulo/SP

Publicidade