Líder realiza, com sucesso absoluto, remoção aeromédica da Nigéria para o Brasil

170

A Líder realizou recentemente uma remoção da Nigéria para o Brasil. Dois funcionários da Petrobras haviam caído de um guindaste de seis metros de altura em um petroleiro da empresa, que navegava na costa da Nigéria, precisavam voltar ao Brasil para o tratamento necessário. A tripulação do Learjet PT-KZR partiu de São Paulo com destino a Lagos, na Nigéria, para fazer a remoção. A missão exigiu muito empenho e versatilidade da tripulação que além de enfrentar a barreira da língua na Guiné, superou todos os obstáculos que surgiram, inclusive de segurança pessoal.

O transporte de pacientes em situação de emergência, com ou sem risco de vida, através de aviões e helicópteros UTI, tem aumentado a cada ano no Brasil. Equipadas com aparelhagem médica de última geração e tripuladas por equipes médicas especializadas, as chamadas ambulâncias aéreas fazem parte de um serviço pioneiro no Brasil — em outubro de 1993, a Líder, através do SOS LÍDER foi a primeira empresa no Brasil a obter o CHST – Certificado de Homologação Suplementar de Tipo – para vôos aeromédicos, atuando com o sistema bed-to-bed. Além disso, é a única empresa de ambulância aérea do país a ser certificada pela AAMS – Association of Air Medical Services.

O sistema bed-to-bed, é aquele que possibilita que o paciente, estando num estado clínico adequado às condições de um vôo, possa ser transportado de um hospital à outro, através de aeronave UTI com tripulação capacitada e ambulâncias terrestres próprias ou contratadas. A avaliação do estado clínico é feita através de uma triagem médica prévia, realizada pela equipe que acompanhará o paciente. Vale destacar que, nos primeiros seis meses de 2004, o SOS Líder realizou quatro remoções de ou para o exterior.

O SOS Líder conta com um staff aeromédico de quatro equipes médicas, baseadas em São Paulo, Brasília e Rio de Janeiro. Além da contratação direta, este serviço também pode ser disponibilizado através de convênios com planos de saúde, operadoras de turismo, seguradoras e cartões de crédito. Com isso, quase meio milhão de pessoas contam com este tipo de cobertura. Em média, o SOS Líder realiza 30 remoções/mês e, em nove anos de atuação, realizou mais de 4000 remoções, com mais de 45 milhões de quilômetros voados. Nos últimos dois anos, a procura pelo serviço de fretamento aeromédico cresceu cerca de 20%. O SOS Líder conta com a maior frota em operação disponível para este serviço – são jatos, turboélices e helicópteros – e o atendimento é 24 horas.

FONTE: Aviação Brasil / Líder Táxi Aéreo – Assessoria de Imprensa – São Paulo/SP