Lufthansa registra em 2003 o primeiro aumento do número de passageiros em dois anos

200

Em 2003, a Lufthansa manteve sua posição no mercado, apesar das persistentes dificuldades. A reanimação do setor favorece a largada para 2004. Apesar de exposta às conseqüências da economia mundial ainda em baixa, da pneumonia asiática (SARS) e da guerra do Iraque, a Lufthansa registrou o primeiro aumento do número de passageiros em dois anos. A gestão flexível de espaço resultou em um índice de aproveitamento de espaço em 2003 de 73,3%, quase tão bom quanto o do ano anterior.

De janeiro a dezembro de 2003, as empresas aéreas do grupo Lufthansa transportaram 44,4 milhões de passageiros, ou seja 1,0% a mais do que em 2002. A oferta de espaço aumentou 2,4%, as vendas, 1,6% em relação ao ano anterior.

Apesar da fraca conjuntura econômica, a Lufthansa Cargo transportou cerca de 1,6 milhões de toneladas de carga e correio em 2003, 2,7% a menos do que no ano anterior. O fator de aproveitamento de espaço de carga, porém, ficou apenas 1,0% aquém do do ano anterior, chegando a 65,6%.

O aproveitamento dos aviões de passageiros e de carga do grupo Lufthansa em 2003 chegou a um total de 69,9% (70,7%% no ano anterior).

O resultado econômico do grupo Lufthansa do exercício de 2003 será publicado em 26 de março de 2004 e estará disponível na Internet, em alemão e em inglês, em www.lufthansa-financials.com

FONTE: Lufthansa – Egom – Aviação Brasil – São Paulo/SP