Lula anuncia que Viracopos vai se transformar em Aeroporto Industrial

222

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva anunciou oficialmente nesta quinta, 06/04/2006, em Campinas, que o Aeroporto Internacional de Viracopos será transformado em aeroporto industrial. O anúncio foi feito em solenidade realizada em Viracopos, e que contou com a participação, entre outros, do presidente da Infraero, José Carlos Pereira, do prefeito de Campinas, Hélio de Oliveira Santos, e da presidente da Finlândia, Tarja Halonen.

Em seu discurso, o presidente Lula ressaltou a importância do projeto, um antigo pedido do empresariado da região. “Viracopos vai se transformar num extraordinário aeroporto industrial. Dezenas e centenas de empresários brasileiros e estrangeiros, vão aqui, poder fazer seus investimentos, fabricar produtos de alta tecnologia com muito valor agregado, enriquecer ainda mais a região, São Paulo e o País”.

O prefeito de Campinas também falou com destaque sobre as conseqüências do projeto para o empresariado da região. “Há oito anos os empresários aguardavam a transformação de Viracopos em Aeroporto Industrial. Esse é um importante momento para a cidade de Campinas“.

José Carlos Pereira destacou o número de pessoas que se dedicaram à implantação do projeto em Campinas. “A Infraero já deu o primeiro passo com o aeroporto industrial em Confins, onde está obtendo excelente resultado, agora é a vez de Viracopos”.

Serão investidos dois milhões de reais para viabilizar o projeto. Uma área de 50 mil metros quadrados será disponibilizada para instalação das plantas industriais. Os detalhes técnicos do projeto estão no Edital de Licitação publicado hoje no Diário Oficial da União.

A nova proposta de área para a construção da segunda pista de pousos e decolagens de Viracopos também foi anunciada pela Infraero durante a cerimônia. A relocação da nova pista irá manter o potencial do sítio aeroportuário de Campinas, que deve se tornar o principal centro cargueiro da América Latina; e irá minimizar o impacto social na região, decorrente da desapropriação necessária para a expansão do aeroporto. “Foi realizado um trabalho técnico extremamente sério onde ficou definido o novo posicionamento da segunda pista de Viracopos, e com isso milhares de pessoas não serão retiradas das suas casas”, declarou o presidente da Infraero.

A alternativa proposta para a nova locação da segunda pista do aeroporto foi aprovada pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), em decisão tomada em conjunto com a Prefeitura de Campinas. Lula, que informou ter tratado pessoalmente da questão, ainda fez questão de reiterar sua preocupação com as cinco mil famílias que vivem atualmente no entorno aeroportuário. “Se for preciso fazer um aeroporto redondo a gente faz, mas a gente não tira o povo do bairro onde está”, afirmou.

O Plano Diretor do aeroporto prevê o desenvolvimento de obras que permitirão, em longo prazo, atender uma demanda de 55 milhões de passageiros por ano, e um total de 470 mil operações de pousos e decolagens. A construção da segunda pista é uma das principais obras previstas neste Plano.

Participaram também da solenidade, o ministro das Cidades, Márcio Fortes, o senador da República, Aloizio Mercadante, a presidente da Caixa Econômica Federal, Maria Fernanda Ramos Coelho, e o presidente da Apex, Juan Quirós.

FONTE: Aviação Brasil – Assessoria de Imprensa – São Paulo/SP

Publicidade