Mais dois jatos Embraer Legacy são vendidos no Oriente Médio

171

A Embraer anunciou ontem a venda de mais dois aviões Legacy 600 no Oriente Médio, elevando para sete o total desses jatos executivos na região.

Em Beirute, Líbano, Adnan Kassar, Chairman e CEO do Fransabank SAL, e Chairman da União Geral das Câmaras Árabes de Comércio, Indústria e Agricultura, adquiriu um Legacy 600. A entrega do avião está prevista para o terceiro trimestre de 2006.

“À medida que expandimos o nosso negócio, a necessidade de um eficiente, seguro, confiável e econômico meio de transporte se torna de importância vital”, disse Kassar. “A seleção da aeronave para nossas viagens corporativas foi feita com muito cuidado. Escolhemos o Legacy 600 por causa da correta combinação de alcance, economia e confiabilidade, além de possuir uma cabine muito confortável e espaçosa”, disse Kassar.

O segundo Legacy 600 foi comprado pela Celtel International, uma subsidiária integral da empresa de telefonia móvel MTC, que tem sede no Kuwait. A entrega está prevista para o quarto trimestre de 2006.

Sam Deeb, Chief Financial Officer do MTC Group of Companies, explica a escolha: “Na busca da MTC pela aeronave certa, a Embraer ofereceu o melhor valor para aviões corporativos da categoria super midsize, ao mesmo tempo em que atendeu aos requisitos de segurança, eficiência operacional, bem como o do interior de alta qualidade e acabamento de luxo”. Deeb acrescentou: “O Legacy 600 oferece o alcance que nós procuramos e temos a intenção de usar a aeronave para desenvolver e apoiar os nossos interesses comerciais no Oriente Médio e África”.

Colin Steven, Diretor de Marketing e Vendas para a Europa, África e Oriente Médio – Aviação Executiva, fez o seguinte comentário sobre as novas vendas: “Sempre acreditamos que o Legacy 600 seja o avião ideal para este mercado em particular. O alcance da aeronave, complementado pelo seu desempenho em aeroportos ‘altos e quentes’, faz com que o jato seja verdadeiramente adequado para operar em todo o Oriente Médio”. Ele concluiu:

“O Legacy 600 é uma escolha fácil em qualquer economia. O avião oferece o equilíbrio ideal entre conforto de cabine, desempenho e custo. Essas duas novas encomendas atestam o sucesso do Legacy 600 e sua continuada aceitação neste que é um importante mercado para a Embraer.”

A Embraer vendeu um total de sete jatos Legacy 600 no Oriente Médio: um em operação na Arábia Saudita, dois nos Emirados Árabes Unidos e dois no Kuwait. Atualmente, existem 71 jatos Legacy 600 em operação em 17 países. Para ligar o Oriente Médio à Ásia, à Europa Ocidental e à África do Sul, o Legacy 600 opera em aeroportos a 50ºC (122ºF) de temperatura. Seja a jornada do Cairo a Londres ou a Bombaim, ou de Jeddah a Antananarivo, ou ainda do Bahrain a Kinshasa ou mesmo a Bangkok, a aeronave é projetada para alta utilização sob as mais exigentes condições operacionais.

FONTE: Aviação Brasil – Assessoria de Imprensa – São Paulo/SP