Mais seis novas frequências da Ponte Aérea da Azul ligando Campinas ao Rio de Janeiro

140

Com isso serão 12 voos por dia entre as duas cidades e, a partir de 16 de abril, 14. Nestes novos horários, o bilhete varia a partir de R$ 99 (por trecho para viagens de ida e volta). O valor é válido para compras feitas com 30 dias ou mais de antecedência em relação à data de partida, seguindo a política de preços da Azul, que privilegia com preços ainda mais baixos aqueles que podem programar suas viagens com antecedência.

A Azul começou a operar a rota Campinas- Rio de Janeiro, Aeroporto Santos Dumont, em 20 de março, oferecendo aos passageiros conexão de e para Viracopos, de ônibus, com destino a São Paulo (Shopping Eldorado a partir do dia 06/4 e Shopping Villa Lobos), Alphaville/Tamboré e, a partir deste mês, também de Sorocaba, Americana, Jundiaí e Piracicaba. A viagem até o Aeroporto Viracopos é feita em ônibus confortáveis, com ar condicionado, Wi-Fi e filmes. Por enquanto, não há cobrança de tarifas.

A Azul começou a voar no dia 15 de dezembro do ano passado, inicialmente ligando Campinas a Porto Alegre e Campinas a Salvador, em freqüências diárias, non-stop. Em janeiro, entraram em operação as rotas Campinas-Vitória e Campinas-Curitiba, permitindo também a conexão entre as demais cidades, com escala em Campinas. Depois disso, começou a conectar Campinas-Recife, Campinas-Fortaleza, Campinas- Navegantes, Campinas- Porto Alegre. Em dentro de mais alguns dias vai voar de Campinas para Manaus e Salvador para Vitória.

Fundada por David Neeleman, executivo que traz na bagagem a criação de outras três companhias aéreas, incluindo a americana Jetblue, a Azul chegou ao mercado com uma proposta diferenciada, operar com aeronaves 100% brasileiras, ligar cidades brasileiras com voos diretos e oferecer diversas freqüências por dia. Para começar a operar, a empresa encomendou 40 aeronaves Embraer e foi feita a opção de compra para outras 36. Ao longo de 2009, a Azul vai receber um novo avião por mês, chegando a 14 aeronaves em dezembro.

FONTE: Aviação Brasil – Assessoria de Imprensa – São Paulo/SP

Publicidade