Novas rotas e procedimentos de vôo da Lufthansa economizam 30 milhões de litros de querosene

93

Voar, economizando combustível, pode soar como um paradoxo, mas é prática de sucesso pela Lufthansa há anos. Em 2005, por exemplo, a empresa aérea economizou 30 milhões de litros de combustível, o que corresponde a mais ou menos onze vezes a quantidade de água da piscina olímpica de Munique, na Alemanha. Ao mesmo tempo, representa uma redução de emissões de CO2 de 76.500 toneladas. Esta economia se deve à utilização de velocidades variáveis de percurso para melhor aproveitamento do vento em vôos de longa distância e, também, da otimização das rotas de vôo no espaço asiático.

Nos anos de 2006 e 2007, estas medidas deverão trazer uma economia de 63 milhões de litros, ao mesmo tempo em que evitarão aproximadamente 158.000 toneladas de emissões de CO2.

FONTE: Aviação Brasil – Assessoria de Imprensa – São Paulo/SP