Novos jatos da Embraer aumentam compatibilidade ambiental na Lufthansa

192

Além disso, a empresa foi recertificada com a norma ambiental internacional ISO 14001. A CityLine foi a primeira empresa aérea a receber ambos os certificados e atualmente é uma das duas que atendem aos dois padrões ambientais.

“Para a Lufthansa CityLine, a proteção ambiental continua exercendo papel de destaque. Estamos orgulhosos por mantermos nosso engajamento em prol do meio ambiente apesar dos tempos difíceis”, afirma Christian Tillmans, diretor-executivo da Lufthansa CityLine. Klaus Froese, também diretor-executivo da empresa aérea, acrescenta: “Como maior empresa aérea regional da Europa, a Lufthansa CityLine está comprometida com os mais altos padrões de qualidade. A prevenção de danos ambientais está entre as metas mais importantes da nossa empresa.” A organização ambiental da Lufthansa CityLine está enraizada na empresa desde 1999. O sistema de gestão ambiental estabelecido pela empresa, cuja máxima é melhorar sempre, abrange todas as áreas da mesma, desde a manutenção e administração até as operações de voo.

Além da constante ampliação da frota com aviões novos, modernos e, portanto, mais compatíveis com o meio ambiente, a redução de emissões sonoras e poluentes são metas ambientais primárias. Os novos jatos da Embraer aumentam ainda mais a compatibilidade ambiental. A partir de meados do segundo semestre de 2009, a Lufthansa CityLine receberá vinte jatos regionais modelo Embraer E190/195, maiores e ainda menos poluentes, ao mesmo tempo em que tirará de circulação 35 aviões menores e mais velhos.

FONTE: Aviação Brasil – Assessoria de Imprensa – São Paulo/SP

Publicidade