Petrobras ajusta estratégia para combustível de aviação

142

A Petrobras ajustou sua estratégia de comercialização de combustível para aviação ao oferecer um raro carregamento no mercado do noroeste da Europa na quarta-feira e comprar mais barris do Caribe, disseram operadores.

A medida surpreendeu alguns profissionais do mercado que disseram que raramente, ou talvez nunca, viram a estatal brasileira oferecer barris na Europa.

Alguns agentes disseram que a incomum oferta na Europa ocorreu porque a Petrobras busca um mercado para o combustível de aviação originado no Oriente Médio, que geralmente a empresa transporta pelo oceano Atlântico para uso próprio.

Mas como o combustível do Caribe é uma opção mais barata por causa do preço do frete, a empresa optou por essa fonte de fornecimento.

“Os carregamentos de combustível para aviação do Caribe são cerca de cinco centavos mais baratos que os barris do Oriente Médio em base de entrega”, disse um operador.

“Pode fazer as contas. É uma questão de ajustar as posições de comercialização da companhia”, acrescentou.

Além do Caribe e do Oriente Médio, a Petrobras também compra combustível para aviação de Cingapura e da costa norte-americana do Golfo do México.

“Em momentos como este, no entanto, a melhor alternativa para o Brasil é o Caribe”, disse um operador.

Mesmo antes da oferta da Petrobras, não faltava combustível de aviação na Europa.

FONTE: Reuters – Edgar Ang e Iain Pocock – São Paulo/SP

Publicidade